PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Uruguaia

Favoritar Time

Cavani confunde Jamaica com seleção africana e se desculpa

Atacante uruguaio chamou jamaicanos duas vezes de africanos, mas declarou depois que não expressou bem a comparação que tinha pensado

11 jun 2015 15h51
ver comentários
Publicidade

"Acho que todo jogo com a seleção é difícil porque enfrentamos a times que têm os melhores jogadores do seu país. Mais com uma equipe africana, que a forma física é o melhor que tem", afirmou o uruguaio Edinson Cavani, estrela da sua seleção nesta edição da Copa América, ao se explicar do desafio que será encarar a caribenha Jamaica na estreia da competição.

A gafe chamou a atenção na entrevista coletiva do atacante do Paris Saint-Germain, que será o líder do Uruguai no torneio com a ausência de Luis Suárez, que nem foi convocado por estar suspenso pela Fifa por causa da mordida em Chiellini na Copa do Mundo.

Cavani será o astro do Uruguai nesta Copa América
Cavani será o astro do Uruguai nesta Copa América
Foto: Matilde Campodonico / AP

Cavani não parou por aí na confusão geográfica. Apesar de se equivocar com a localização da Jamaica no globo, ele declarou que sua seleção respeita muito a adversária desde sábado, às 16h (de Brasília), mas repetiu o erro de antes.

"Respeitamos a Jamaica assim como todas as seleções. No futebol não há superiores nem inferiores. As seleções africanas têm um físico que está acima do nosso. Não é uma equipe para subestimar", garantiu o atacante.

Ciente do erro que cometeu, Cavani utilizou as redes sociais para se desculpar com a população jamaicana. O uruguaio pediu para o incidente ser lembrado como uma situação engraçada e não como uma ofensa.

"Antes de mais nada, quero me desculpar com a Jamaica e seu povo. Na minha cabeça fiz uma comparação entre os estilos e características de jogo similares entre sua seleção e as seleções africanas, mas a verdade é que expressei metade do raciocínio e saiu e soou bastante mal. De todo modo, peço desculpas públicas e espero que se toem com humor meu erro e não como uma ofensa", comentou.

Ao menos Cavani disse conhecer como o adversário se portará ao entrar em campo no sábado, postura distinta de Cristian Rodríguez, que admitiu não saber muito dos jamaicanos, que chamou de rápidos e fortes.

 
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade