PUBLICIDADE

Copa do Catar

Suíça bate Sérvia de virada, fica em 2º no grupo do Brasil e pega Portugal nas oitavas

2 dez 2022 - 18h01
(atualizado às 18h25)
Compartilhar
Exibir comentários

Nesta sexta-feira, a Suíça ganhou da Sérvia, de virada, por 3 a 2, e assegurou vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar. Xherdan Shaqiri, Breel Embolo e Remo Freuler marcaram para os suíços, enquanto Aleksandar Mitrovic e Dusan Vlahovic fizeram para os sérvios no Estádio 934.

Com a vitória em Doha, a Suíça terminou na segunda colocação do grupo G e chegou a seis pontos - assim como o Brasil, que registrou melhor saldo de gols. A Sérvia, por sua vez, ficou na lanterna da chave, com apenas um ponto, atrás de Camarões (4).

A seleção suíça retorna aos gramados na terça-feira, às 16 horas (de Brasília), quando enfrenta Portugal pelo mata-mata do torneio. Já a Sérvia se despede do Mundial na fase de grupos, assim como havia ocorrido em 2018, quando também ficou atrás de suíços e brasileiros.

O jogo entre Sérvia e Suíça

A Suíça criou uma grande chance ainda aos 20 segundos. Após chute desviado, Embolo saiu de frente para a meta e finalizou no peito do goleiro. Já no rebote, Shaqiri bateu para nova defesa de Vanja Milinkovic-Savic. Aos dez minutos, foi a vez de a Sérvia criar uma grande oportunidade: Andrija Zivkovic emendou de fora da área, à meia-altura, e acertou a trave direita de Gregor Kobel.

A equipe treinada por Murat Yakin apresentou melhor futebol, pressionou o adversário e, enfim, abriu o placar aos 20 minutos, quando Ricardo Rodríguez fez bela jogada. Após o cruzamento rasteiro, e desvio do zagueiro adversário, Djibril Sow dominou e, com tranquilidade, rolou para Shaqiri. O meia-atacante chutou de primeira, à esquerda do arqueiro, e viu a bola estufar as redes depois de passar entre as pernas de Strahinja Pavlovic.

Em desvantagem, a Sérvia de Dragan Stojkovic reagiu e logo buscou o empate. Aos 26 minutos, após recuperação da posse de bola no meio-campo, Dusan Tadic disparou em velocidade pela ponta esquerda e cruzou na medida para Mitrovic. O centroavante, próximo à marca do pênalti, cabeceou perfeitamente, acertou o ângulo direito e deixou tudo igual.

Com o tento, os sérvios evoluíram no duelo e, em decorrência de ataques intensos, logo voltaram a balançar as redes. Aos 35 minutos, Tadic tentou achar Vlahovic em profundidade, e a zaga cortou parcialmente, sem afastar, de fato, a bola. O atacante da Juventus, então, aproveitou a sobra dentro da área, finalizou rasteiro de canhota e acertou o lado direito da meta.

O movimentado primeiro tempo ainda contou com empate dos suíços aos 44 minutos. Após boa troca de passes, Silvan Widmer recebeu livre dentro da área e, posicionado à direita, tocou rasteiro para Embolo. Sozinho, em frente ao gol, o atacante só completou, de forma simples, e colocou sua equipe novamente no jogo.

A Suíça manteve o bom momento da primeira etapa e reconquistou a vantagem aos três minutos do segundo tempo. Da entrada da área, Shaqiri levantou em direção a Ruben Vargas, que ajeitou com categoria, de calcanhar. Posicionado na marca do pênalti, Freuler bateu com força, de canhota, no contrapé do goleiro, e deu números finais: vitória por 3 a 2.

A partida seguiu equilibrada e não contou com outras oportunidades claras até o apito final. Os destaques, por outro lado, foram os atritos entre os jogadores. Granit Xhaka, aos 20 minutos, provocou os reservas da Sérvia, gerando empurra-empurra. Já aos 48, o meio-campista do Arsenal se envolveu novamente em polêmica e foi cercado, na linha de fundo, pelos adversários, que mais uma vez trocaram empurrões.

FICHA TÉCNICA

SÉRVIA 3 X 2 SUÍÇA

Local: Estádio 974, em Doha (CAT)

Data: 2 de dezembro de 2022 (sexta-feira)

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Assistentes: Juan Pablo Belatti (ARG) e Diego Bonfá (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Cartões amarelos: Pavlovic, Sergej Milinkovic-Savic, Rajkovic, Gudelj, Mitrovic e Milenkovic (Sérvia); Widmer, Vargas, Xhaka e Schar (Suíça)

GOLS:

Sérvia: Mitrovic (26mins do 1º tempo) e Vlahovic (35mins do 1º tempo)

Suíça: Shaqiri (20mins do 1º tempo), Embolo (44mins do 1º tempo) e Freuler (3mins do 2º tempo)

SÉRVIA: Vanja Milinkovic-Savic; Milenkovic, Veljkovic (Gudelj), Pavlovic; Zivkovic (Radonjic), Sergej Milinkovic-Savic (Maksimovic), Tadic (Djuricic), Lukic e Kostic; Vlahovic (Jovic) e Mitrovic

Técnico: Dragan Stojkovic

SUÍÇA: Kobel; Widmer, Schar, Akanji e Rodríguez; Freuler e Xhaka; Shaqiri (Zakaria), Sow (Fernandes) e Vargas (Fassnacht); Embolo (Okafor)

Técnico: Murat Yakin

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade