PUBLICIDADE

Copa do Catar

'Se beber, não vá para o Catar', diz Fábio Rabin sobre detenção na Copa do Mundo

'Não estava bebendo na rua, estava louco só', explicou o comediante

11 dez 2022 - 18h54
(atualizado às 19h58)
Compartilhar
Exibir comentários

Fábio Rabin falou sobre a detenção que sofreu em Catar, durante a Copa do Mundo 2022. O humorista relembrou a experiência durante seu stand-up em São Paulo, neste sábado, 10.

Instagram/ @fabiorabin
Instagram/ @fabiorabin
Foto: Instagram/ @fabiorabin / Estadão

Policiais levaram o comediante para uma tenda com outros torcedores alcoolizados no dia 5 de dezembro. Fábio disse ter sofrido ameaças pela polícia e abriu uma live, em que apareceu chorando.

Na transmissão, ele disse que as autoridades o tinham ameaçado. No entanto, em seu stand-up, o humorista explicou que tudo não passou de uma confusão.

O humorista Fábio Rabin
O humorista Fábio Rabin
Foto: Instagram/ @fabiorabin / Estadão

"Eu não fui preso, eu estava em uma tenda da sobriedade, que os caras colocavam todo mundo que estava xingando no estádio (...) Eu passei mal. Não cometi nenhum crime, eu bebi num lugar em que podia beber. Não estava bebendo na rua, estava louco só, o que não é muito melhor", disse.

Fábio, então, disse que se arrependeu de ter feito uma live. "Queria pedir desculpas para o pessoal do Catar, para a polícia, porque eu não sei o que aconteceu, entrei em pânico. Pedir desculpas ao TV Fama, que nunca fez nada para mim, ofendi gratuitamente. Foi mal, Nelson Rubens", brincou Rabin, citando o programa da Rede TV, atacado por ele no vídeo.

Por fim, o comediante ironizou a experiência dando conselhos para seus fãs: Primeiro: se beber não vá para o Qatar. Segundo: modere um pouquinho. Terceiro: nunca faça uma live enquanto você estiver chorando".

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade