PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Marília Galvão

Eu e milhões de brasileiros queremos ver Pedro jogar!

Técnico Tite escala Gabriel Jesus como titular em último treino da seleção brasileiro

1 dez 2022 - 20h56
(atualizado às 20h59)
Compartilhar
Exibir comentários
Pedro aguarda uma chance na Copa do Mundo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Pedro aguarda uma chance na Copa do Mundo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Foto: Lance!

Nesta sexta-feira, 2, o Brasil enfrenta Camarões no último jogo da primeira fase da Copa do Mundo e, ao me deparar com a provável escalação de Tite, gostaria de ressaltar alguns pontos, principalmente ao que se refere ao setor ofensivo. Uma das “dúvidas” até aqui e que mais vem gerando discussões entre os torcedores diz respeito à entrada de Gabriel Jesus, opção testada no último treino pelo técnico, ou Pedro entre os principais. Daniel Alves, convocação mais contestada, começará a partida como titular e com a faixa de capitão.

Eu entendo que essa será uma grande oportunidade para o comandante brasileiro poder testar novos nomes e novas estratégias para determinados cenários dentro da competição, principalmente para a fase de mata-mata, que é quando o bicho pega! 

Acredito que a seleção de Camarões, ao contrário dos dois times europeus que o Brasil enfrentou, vai atacar mais, agredir mais, muito pela necessidade de conseguir o placar e manter a chance de conquistar a classificação, apesar de remota. Isso exigirá bastante da defesa canarinha. Tite vai conseguir observar o comportamento defensivo, principalmente do lado direito, tendo Daniel Alves em campo pela primeira vez no campeonato. Ele, que, inclusive, aos 39 anos, é o jogador mais velho a vestir as cores da seleção brasileira em Copas do Mundo.

Sobre o ataque, especificamente, a meu ver, Pedro seria a melhor opção para começar entre os 11. Pô, Tite, eu e milhões de brasileiros queremos ver o menino jogar! Esse é o momento de testar peças com outras características. Pedro é um centroavante de ofício, que se posiciona muito bem, tem muita presença de área, segura muito bem os zagueiros e tem muita calma na frente do gol, o que na minha opinião é um grande diferencial. Nada contra Gabriel Jesus, mas Pedro tem muito potencial para fazer diferença na nossa seleção e isso precisa ser levado em consideração.

Pude ver de pertinho a primeira partida dele vestindo a amarelinha, na vitória sobre a Tunísia por 5 a 1, no Parque dos Príncipes, em setembro deste ano, quando marcou seu primeiro gol. Ali mesmo vi o quanto o atleta do Flamengo se entrega em campo e o quanto merece mais oportunidades! Além de que, não posso deixar de dizer, o atacante do Arsenal não aproveitou a chance que teve na última Copa do Mundo, em 2018, somando um total de zero gols.

Fonte: Marília Galvão Marília Galvão é formada em jornalismo pela PUC-SP, com passagens na Record TV, Espn e Federação Paulista de Futebol. Atualmente é apresentadora do canal Desimpedidos, no Youtube. Apaixonada por futebol desde criança, é corinthiana e busca sempre trabalhar com leveza em seus conteúdos.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade