0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Seleção Brasileira

Com Neymar, Brasil enfrenta adversário de histórias curiosas

Leo Correa/ Mowa Press / Divulgação
10 jun 2015
08h19
atualizado às 09h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Em preparação para a Copa América, a Seleção Brasileira vai enfrentar Honduras, às 22h (de Brasília), em Porto Alegre, e terá um atrativo principal: a presença de Neymar, que se apresentou apenas nesta segunda-feira, mas já será utilizado pelo técnico do Dunga. Se depender do histórico, o jogo tende a ter boas histórias, porque na maioria dos duelos contra Honduras aconteceram algo curioso.

Neymar é reforço de peso após conquista da Liga dos Campeões. Dunga não quis poupá-lo e anunciou que o atacante do Barcelona vai para campo. O único problema do técnico é Danilo, que está com dores no tornozelo e não deve jogar. Sendo assim, o provável time do Brasil será: Jefferson; Fabinho, Miranda, David Luiz e Filipe Luis; Fernandinho e Elias; Willian, Philippe Coutinho, Neymar e Diego Tardelli.

São esses jogadores que terão a missão de confirmar o favoritismo do Brasil e evitar um vexame, que já aconteceu em 2001: em plena Copa América, exatamente a competição que a Seleção disputará a partir de domingo, Honduras conseguiu uma vitória impressionante. Bateu e eliminou os brasileiros por 2 a 0 nas quartas de final. Era o time de Felipão, que acabou se acertando depois para ser campeão do mundo um ano depois.

Outra curiosidade é que Dunga, hoje técnico do Brasil, já fez gol em jogo contra Honduras. Isso aconteceu em 1994, pouco antes da Seleção disputar outra Copa do Mundo em que foi campeão. O ex-volante Dunga anotou um dos gols na vitória por incríveis 8 a 2. Foi o primeiro o jogo entre as duas equipes.

Mas nem todos confrontos contra Honduras são tão antigos. Recentemente, os times duelaram duas vezes. Primeiro na Olimpíada de 2012, em que o Brasil passou um sufoco para vencer por 3 a 2. Thiago Silva e Neymar estavam naquele jogo e viram como a jovem geração hondurenha tem algum talento.

Leandro Damião se destacou contra Honduras
Leandro Damião se destacou contra Honduras
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

O jogo mais recente aconteceu em 2013 e teve um fato lamentável: o excesso de agressividade de Honduras, que cometeu faltas duras mesmo em um amistoso. E a resposta do Brasil foi na bola, já que o time venceu por 5 a 0, com boa atuação de Neymar o primeiro gol de Bernard pela Seleção.

Bernard fez seu primeiro gol pela Seleção contra Honduras
Bernard fez seu primeiro gol pela Seleção contra Honduras
Foto: Mowa Press / Divulgação

Dunga foi perguntado sobre este jogo, mas não mostrou muita preocupação com a violência adversária. "Esperamos que isso não aconteça, porque é um jogo de preparação. O juiz vai estar ali para controlar a partida. Agora, faltando poucos dias para o início da Copa América, se eu sentir algum problema desse tipo, vou precisar poupar", explicou.

Dito isso, vale lembrar que Honduras disputou a Copa do Mundo de 2014, mas ficou na penúltima colocação geral, após perder os três jogos disputados. Com a intenção de mudar isso, o país contratou o técnico da surpreendente Costa Rica no Mundial, Jorge Luis Pinto. Ele renovou bastante o time e vem de um empate por 2 a 2 com o Paraguai, no último sábado.

"Desatentos", gaúchos compram ingresso para jogo da Seleção

A provável escalação de Honduras para o jogo é: Escober; Palacios, Henry Figueroa, Beckeles e Izaguirre; Maynor Figueroa, Martínez, Mejía e Acosta; Castillo e Najar.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade