PUBLICIDADE

Alemães e argelinos torcem lado a lado em Copacabana

30 jun 2014 18h30
| atualizado às 18h40
ver comentários
Publicidade

Alemães e argelinos assistiam lado a lado, na Fan Fest em Copacabana, à partida entre o time europeu e o africano que define quem irá para as quartas de final. De um lado, alemães tensos e concentrados, de outro, argelianos gritando sem parar e cantando como se estivessem no estádio. Muitos franceses que viram a partida entre a França e Nigéria permaneceram em frente ao telão, apoiando a ex-colônia.

<p>Torcedores da Alemanha e da Argélia sofrem, gritam e vibram na Fifa Fan Fest montada nas areias de Copacabana</p>
Torcedores da Alemanha e da Argélia sofrem, gritam e vibram na Fifa Fan Fest montada nas areias de Copacabana
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Juntos há 22 anos, a brasileira Teresa de Souza, 50 anos, e o alemão Herman Merz, 53, se dividiam na torcida. Enquanto Teresa fazia graça e balançava a bandeira do Brasil que trazia nas costas, Herman via o jogo tenso. "Nossa primeira Copa juntos foi a de 1994. Ele quer o tetra e eu o hexa, vamos ver quem leva", disse Teresa.

Ainda com olhos no jogo, o alemão acredita que a sua seleção terá a frieza necessária para vencer os africanos, mas se diz surpreso com a partida. "A gente pensa que a Argélia é um time fraco, mas estão fazendo um grande jogo. É um susto para a gente", diz.

Já para o argelino Ali Benlarbi, 48 anos, que trazia a bandeira do seu país nas costas, a partida era pura emoção. "Temos chance de ganhar, nem acredito", disse. Ele veio ao Brasil especialmente para a Copa e espera ver, pela primeira vez, sua seleção chegar nas quartas de final.

Fonte: Especial para Terra
Publicidade
Publicidade