PUBLICIDADE

Com quadro gripal e suspeita de covid-19, Crespo desfalca o São Paulo no Ceará

Será a segunda viagem para fora do Estado na competição nacional que o time não terá o técnico com a delegação

26 jun 2021 13h09
| atualizado às 13h09
ver comentários
Publicidade

Hernán Crespo será desfalque do São Paulo na visita ao Ceará, neste domingo, pelo Brasileirão. Por "protocolo de segurança" após apresentar sintomas da covid-19, o clube informou que o treinador argentino seguirá na capital se resguardando após quadro de gripe.

Será a segunda viagem para fora do Estado na competição nacional que o time não terá Crespo com a delegação. O treinador passou pelo mesmo processo antes do embate com o Atlético-GO, dia 4 de junho. Na oportunidade, ficou de isolamento por dois dias até o resultado do teste para a coronavírus dar negativo.

"O técnico apresentou sintomas semelhantes aos da covid-19 neste sábado e, em cumprimento ao protocolo de saúde estabelecido pelo clube, foi afastado preventivamente das atividades e será monitorado pelo departamento médico", informou o São Paulo.

O treino antes do embarque da delegação para a capital cearense, neste sábado, já foi dirigido pelo auxiliar Juan Branda, o mesmo que o substituiu diante dos goianos. Branda terá a missão de fazer o time desencantar no Brasileirão. Em sua primeira missão, ele acabou amargando derrota por 2 a 0.

Branda pode ter um reforço de peso no Castelão. O volante Luan trabalhou normalmente e pode voltar ao time. Ele está ausente desde a primeira rodada, no empate sem gols com o Fluminense. Com sua saída, o São Paulo perdeu muito na marcação e auxílio à defesa.

Além da visita sempre complicada ao Ceará, o São Paulo tem outros dois jogos duros nos próximos oito dias: o clássico com o Corinthians, quarta-feira em Itaquera, e o duelo contra o líder Red Bull Bragantino. Caso Crespo esteja mesmo com a covid-19, Branda será o treinador em todos os confrontos.

Estadão
Publicidade
Publicidade