1 evento ao vivo

CBF já não conta com volta do público até fim do Brasileiro

Aumento dos casos de covid-19 nas últimas semanas foi balde de água fria nos seus dirigentes

24 nov 2020
11h01
atualizado às 11h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Embora não seja oficial, a CBF já descarta a hipótese da volta do público aos estádios até o final do Brasileiro, em fevereiro de 2021. O assunto nem consta mais como prioridade na pauta da entidade, em razão, principalmente, do aumento de casos de covid-19, desde meados de outubro, em quase todo o País.

CBF: público no Brasileiro só no campeonato de 2021, previsto para começar em maio
CBF: público no Brasileiro só no campeonato de 2021, previsto para começar em maio
Foto: Sílvio Alves Barsetti

“Não há mais condição. O desânimo aqui dentro é total quanto a isso”, disse ao Terra um dos dirigentes da CBF, pedindo que seu nome fosse preservado, pois, confidenciou, ainda haveria uma manifestação formal da confederação sobre o tema.

O motivo dessa decisão de deixar todo o campeonato sem acesso à plateia se deu por causa da provável segunda onda da pandemia no Brasil, com o crescimento do número de infectados também entre jogadores de diversos times.

A CBF estudava, preliminarmente, que abriria as arquibancadas em outubro, como pleiteava o Flamengo, em comum acordo com a Federação de Futebol do Rio. Mas, para isso, teria de haver o aval de todos os clubes participantes da competição, o que não foi possível devido as variações da escalada da doença nas diferentes regiões do Brasil.

O que vale para a Série A também é extensivo às Segunda, Terceira e Quarta divisões nacionais. O encerramento das Séries B e C está previsto para janeiro. A Série D foi reprogramada para acabar em fevereiro.

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade