PUBLICIDADE

CBF anuncia casa de apostas como patrocinadora do Brasileirão

Betano substitui a atacadista Assaí e compra os "naming rights" da Série A

12 abr 2024 - 13h33
(atualizado às 13h33)
Compartilhar
Exibir comentários
CBF anuncia novo patrocinador
CBF anuncia novo patrocinador
Foto: Lívia Villas Boas / BETANO/ Divulgação / Esporte News Mundo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, nesta sexta-feira, a parceria com a Betano, que será o principal patrocinador e parceiro exclusivo de apostas do Campeonato Brasileiro da Série A. Com início neste final de semana, a competição passará a chamar Brasileirão Betano 2024. O contrato firmado é pelos próximos três anos.

O patrocínio da Betano na principal série do Campeonato Brasileiro é o mais recente de uma série de novidades em 2024. A marca já se tornou parceira de apostas oficial e exclusiva da Copa América 2024 e do Uefa Euro 2024, enquanto no Brasil, já patrocina a Copa do Brasil. O novo acordo dá à Betano os naming rights da competição nacional.

- A partir de hoje, a icônica liga nacional de futebol do Brasil será conhecida como Brasileirão Betano e isso é muito especial. Nos últimos anos, a qualidade da Série A brasileira, já entre as principais ligas de futebol do mundo, atingiu um nível totalmente novo. Não é por acaso que nos últimos cinco anos uma seleção brasileira sempre vence a Copa Libertadores. Assistimos a disputas emocionantes pelo título, com muitas equipes diferentes lutando para emergir como campeãs brasileiras. Esta nova parceria estabelece ainda mais o nosso compromisso de apoiar a comunidade esportiva no Brasil, ao mesmo tempo em que proporciona uma experiência inesquecível de apostas online aos fãs em um ambiente seguro caracterizado por práticas de jogos responsáveis. Gostaríamos de agradecer à CBF por nos confiar como seus parceiros - destacou Tomasz Majewski, Head de Patrocínios da Betano.

A Betano já tem os naming rights da Série B do Brasileiro e da Copa do Brasil, competições organizadas pela CBF. Também patrocinava o Fluminense, mas segue agora apenas com o Atlético-MG, entre as equipes da Série A.

Os valores do contrato entre CBF e Betano não foram divulgados. A Assaí pagava cerca de R$ 50 milhões por ano. As estimativas do mercado são em torno de R$ 70 milhões a R$ 80 milhões por ano.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade