PUBLICIDADE

De volta aos poucos, bandeirinha musa homenageia mãe na web

15 out 2014
13h53 atualizado às 15h14
0comentários
13h53 atualizado às 15h14
Publicidade

Envolvida em grande polêmica no início do ano, a bela bandeirinha Fernanda Colombo Uliana, de 23 anos, está, aos poucos, voltando a figurar no quadro de arbitragem de partidas das divisões superiores do futebol brasileiro. Nesta quarta-feira, porém, ela deixou a sua profissão um pouco de lado para homenagear a sua mãe, Vera Colombo.

Por meio de uma postagem no Facebook, Fernanda escreveu uma bonita mensagem para a sua progenitora. A razão? Hoje é dia dos professores, e Vera deu aula por mais de três décadas. “Parabéns aos construtores de conhecimento e formadores de cidadãos! Parabéns professores! Em especial à minha mãe, que dedicou 33 anos da sua vida a essa belíssima profissão!”, escreveu a bandeirinha.

Ela rapidamente viu a sua mensagem receber diversas curtidas e alguns comentários. “Está explicado de onde veio sua beleza, Fernanda!”, escreveu um fã, aproveitando para elogiar a bandeirinha e a mãe dela. “Obrigada minha linda!”, agradeceu Vera, logo na sequência.

<p>Fernanda Colombo Uliana est&aacute; na &quot;geladeira&quot; desde maio</p>
Fernanda Colombo Uliana está na "geladeira" desde maio
Foto: EFE

Fernanda Colombo Uliana se envolveu em grande polêmica envolvendo arbitragem e machismo no início do ano. Sua primeira partida de grande porte foi São Paulo x CRB, no Pacaembu, pela Copa do Brasil. Na ocasião, ela foi criticada pelos são-paulinos por causa de marcações de impedimento que não teriam existido e ouviu de Muricy Ramalho que era "muito bonita, mas que tinha tem que bandeirar melhor”.

Depois disto, Fernanda foi escalada para trabalhar no clássico Atlético-MG x Cruzeiro, em maio, pelo Campeonato Brasileiro, e novamente foi mal. O time alvinegro vencia por 2 a 1 quando, aos 41min do segundo tempo, a bela bandeirinha assinalou impedimento absurdo de Alisson, que estava em posição legal e sairia cara a cara com Victor. Depois do jogo, um diretor do Cruzeiro não poupou nas críticas à assistente e sugeriu que ela posasse nua para a Playboy.

De lá para cá, Fernanda passou por um processo de “reciclagem”. Simplificando: foi impedida de trabalhar em grandes jogos. Assim, passou a bandeirar em partidas da Série C e D e até mesmo em torneios Sub-20 e de futebol feminino. Aos poucos, porém, ela vem recuperando o espaço perdido nos principais campeonatos do futebol masculino - prova disto é que trabalhou em três partidas num intervalo de sete dias na semana passada.

Jogos em que Fernanda Colombo Uliana trabalhou durante a "reciclagem"
Categoria Data Partida Estádio
Série C 20/07/2014 Juventude 0 x 2 Guaratinguetá Alfredo Jaconi
Série D 03/08/2014 Maringá 2 x 1 Brasil Willie Davids
Série C 16/08/2014 Cuiabá 1 x 1 Fortaleza Arena Pantanal
Série C 14/09/2014 Mogi Mirim 1 x 1 Caxias Romildo Ferreira
Série C 20/09/2014 Guaratinguetá 1 x 1 Juventude Arena Barueri
Sub-20 01/10/2014 Joinville 2 x 0 Ponte Preta Arena Joinville
Série C 04/10/2014 Juventude 4 x 0 Mogi Mirim Alfredo Jaconi
Feminino 08/10/2014 Kindermann 1 x 3 Botafogo Edir Valin

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade