PUBLICIDADE

De volta aos poucos, bandeirinha musa homenageia mãe na web

15 out 2014 - 13h53
(atualizado às 15h14)
Ver comentários
Publicidade

Envolvida em grande polêmica no início do ano, a bela bandeirinha Fernanda Colombo Uliana, de 23 anos, está, aos poucos, voltando a figurar no quadro de arbitragem de partidas das divisões superiores do futebol brasileiro. Nesta quarta-feira, porém, ela deixou a sua profissão um pouco de lado para homenagear a sua mãe, Vera Colombo.

Por meio de uma postagem no Facebook, Fernanda escreveu uma bonita mensagem para a sua progenitora. A razão? Hoje é dia dos professores, e Vera deu aula por mais de três décadas. “Parabéns aos construtores de conhecimento e formadores de cidadãos! Parabéns professores! Em especial à minha mãe, que dedicou 33 anos da sua vida a essa belíssima profissão!”, escreveu a bandeirinha.

Ela rapidamente viu a sua mensagem receber diversas curtidas e alguns comentários. “Está explicado de onde veio sua beleza, Fernanda!”, escreveu um fã, aproveitando para elogiar a bandeirinha e a mãe dela. “Obrigada minha linda!”, agradeceu Vera, logo na sequência.

<p>Fernanda Colombo Uliana est&aacute; na &quot;geladeira&quot; desde maio</p>
Fernanda Colombo Uliana está na "geladeira" desde maio
Foto: EFE

Fernanda Colombo Uliana se envolveu em grande polêmica envolvendo arbitragem e machismo no início do ano. Sua primeira partida de grande porte foi São Paulo x CRB, no Pacaembu, pela Copa do Brasil. Na ocasião, ela foi criticada pelos são-paulinos por causa de marcações de impedimento que não teriam existido e ouviu de Muricy Ramalho que era "muito bonita, mas que tinha tem que bandeirar melhor”.

Depois disto, Fernanda foi escalada para trabalhar no clássico Atlético-MG x Cruzeiro, em maio, pelo Campeonato Brasileiro, e novamente foi mal. O time alvinegro vencia por 2 a 1 quando, aos 41min do segundo tempo, a bela bandeirinha assinalou impedimento absurdo de Alisson, que estava em posição legal e sairia cara a cara com Victor. Depois do jogo, um diretor do Cruzeiro não poupou nas críticas à assistente e sugeriu que ela posasse nua para a Playboy.

De lá para cá, Fernanda passou por um processo de “reciclagem”. Simplificando: foi impedida de trabalhar em grandes jogos. Assim, passou a bandeirar em partidas da Série C e D e até mesmo em torneios Sub-20 e de futebol feminino. Aos poucos, porém, ela vem recuperando o espaço perdido nos principais campeonatos do futebol masculino - prova disto é que trabalhou em três partidas num intervalo de sete dias na semana passada.

Jogos em que Fernanda Colombo Uliana trabalhou durante a "reciclagem"
Categoria Data Partida Estádio
Série C 20/07/2014 Juventude 0 x 2 Guaratinguetá Alfredo Jaconi
Série D 03/08/2014 Maringá 2 x 1 Brasil Willie Davids
Série C 16/08/2014 Cuiabá 1 x 1 Fortaleza Arena Pantanal
Série C 14/09/2014 Mogi Mirim 1 x 1 Caxias Romildo Ferreira
Série C 20/09/2014 Guaratinguetá 1 x 1 Juventude Arena Barueri
Sub-20 01/10/2014 Joinville 2 x 0 Ponte Preta Arena Joinville
Série C 04/10/2014 Juventude 4 x 0 Mogi Mirim Alfredo Jaconi
Feminino 08/10/2014 Kindermann 1 x 3 Botafogo Edir Valin

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade