2 eventos ao vivo

STJD nega pedido do Botafogo e devolve vitória ao Palmeiras

18 jun 2019
13h37
atualizado às 13h50
  • separator
  • 0
  • comentários

A vantagem do Palmeiras na liderança do Campeonato Brasileiro aumentou. Nesta terça-feira, em Salvador, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) determinou que a partida entre Botafogo x Palmeiras não será anulada. Sendo assim, o time alviverde tem 25 pontos, cinco a mais que o vice-líder Santos.

Foto: Divulgação Palmeiras / LANCE!

A votação do STJD terminou com o placar de 9 a 0 contra a anulação do jogo. Segundo Paulo César Salomão Filho, presidente do Tribunal, houve apenas erro de procedimento do VAR. Apesar da derrota, o Botafogo ainda pode entrar com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), com sede na Suíça.

O jogo era válido pela 6ª rodada do Brasileirão, e terminou com vitória palestrina por 1 a 0, gol anotado por Gustavo Gómez, em cobrança de pênalti. O time de General Severiano entrou com uma ação no STJD pedindo a anulação do confronto, alegando o uso irregular do VAR.

No entender do Botafogo, o lance que decretou a vitória palmeirense foi ilegal porque o árbitro Paulo Roberto Alves Junior já havia determinado o reinício da partida quando decidiu analisar as imagens pelo árbitro de vídeo e acabou marcando o pênalti que decretou a vitória do Palmeiras. Para pedir a anulação da partida, os advogados do Glorioso alegaram que um erro de direito foi cometido que acabou prejudicando os cariocas.

A equipe carioca, por sua vez, está em 7º com 15 pontos ganhos. O Brasileiro está parado em função da disputa da Copa América, no Brasil. A competição terá reinício no dia 13 de julho. O próximo compromisso do Botafogo será contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Já o líder, terá o clássico diante do São Paulo, no Morumbi.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade