PUBLICIDADE

Brasil terá nove representantes na Libertadores e Brasileirão poderá virar G-9

1 out 2021 10h08
| atualizado às 10h08
ver comentários
Publicidade

Na última quinta-feira, o Athletico-PR venceu o Penãrol, garantiu vaga na final da Copa Sul-Americana e disputará o título com o Red Bull Bragantino. Com isso, o Brasil garantiu mais uma vaga na Libertadores de 2022, já que o vencedor do torneio se classifica direto para a fase de grupos.

Como Palmeiras e Flamengo fazem a decisão da principal competição continental da América do Sul, nove brasileiros estarão na Libertadores do próximo ano. Esta será a primeira vez que o país consegue tal feito.

Seis vagas são disponibilizadas através do Campeonato Brasileiro, sendo que quatro delas levam à fase de grupos e duas para as preliminares do torneio. Além disso, os campeões da Sul-Americana, da Libertadores e da Copa do Brasil também garantem classificação, aumentando o número de vagas para nove.

Como todos os finalistas dos torneios continentais e os semifinalistas da copa nacional estão entre os dez primeiros colocados, são grandes as chances do Brasileirão contar com um G-9. Com isso, times na parte de baixo da tabela, como São Paulo e Santos, aumentam suas possibilidades de classificação em eventuais arrancadas que as equipes possam dar no torneio de pontos corridos.

Além disso, 15 times brasileiros irão disputar algum torneio continental em 2022. Serão nove classificados à Libertadores e seis à Sul-Americana. Com exceção dos quatro rebaixados, apenas um clube da Série A não terá esse direito. Devido a atual colocação na tabela, este time seria o Peixe.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade