PUBLICIDADE

Botafogo vence o Atlético-GO e encerra longo jejum no Brasileiro

Glorioso abre o placar no primeiro tempo, recua no fim, sofre, mas lea os primeiros três pontos nesta edição do Brasileirão

18 abr 2024 - 23h31
(atualizado em 19/4/2024 às 15h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Vitor Silva/Botafogo - Legenda: Que saudades! Botafogo, enfim, vence uma no Campeonato Brasileiro / Jogada10

Com uma dose de sofrimento, o Botafogo suou sangue para vencer o Atlético-GO por 1 a 0, nesta quinta-feira (18), no Estádio Nilton Santos, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso, aliás, não triunfava no torneio nacional há 12 partidas.

O Botafogo, com três pontos, fica na 11ª colocação do Brasileirão. Sem cuspir fogo, o Dragão é o penúltimo, zerado na pontuação.

Ponte para o futuro

Após de alguns minutos de surpresa, o Botafogo, com Nascimento no lugar de Tiquinho e quatro atacantes, tomou a iniciativa do jogo. Mas, lesionado, o garoto saiu cedo. E a entrada do camisa 9 não mudou muita coisa, afinal, o time da casa não chutava… Até a bola parar em Ponte. Criticado, o uruguaio bateu cruzado, abriu o placar e calou, portanto, a bola de muita gente impaciente. O Atlético-GO, praticamente, não incomodou.

Botafogo começa querendo mais e cansa

O Botafogo começou o segundo tempo mostrando apetite. Em duas chances claras, Júnior Santos teve tudo para matar o jogo. Aí entrou a lembrança de Artur Jorge na última partida. O elenco alvinegro não está na condição física ideal. O Atlético-GO, mais aberto, tomou gosto e se assanhou. Contudo, só levava perigo quando algum defensor adversário de um Alvinegro recuado ameaçava uma bobeada. Gatito e Halter, então, salvaram o time da casa.

BOTAFOGO 1×0 ATLÉTICO-GO

Segunda rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: 18/4/2024, às 21h30 (de Brasília)

Gols: Ponte, 32'/2ºT (1-0)

BOTAFOGO: Gatito, Ponte, Halter, Bastos e Hugo; Gregore (Barbosa, 34'/2ºT) e Tchê Tchê; Jeffinho (Romero, 18'/2ºT), Luiz Henrique (Savarino, 17'/2ºT), Júnior Santos (De Paula, 34'/2ºT) e Nascimento. Técnico: Artur Jorge.

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Tubarão, Pedro Henrique, Luis Felipe e Romão; Baralhas, Rhaldney (Yonny, 18'/2ºT), Alejo (Love, 18'/2ºT), Shaylon e Luiz Fernando (Max, 45'/2ºT); Rodríguez (Derick, 32'/2ºT). Técnico: Emílio Faro.

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Auxiliares: Neuza Ines Back (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

VAR: José Claudio Rocha Filho (SP)

Cartão Amarelo: Halter, Tiquinho, De Paula (BOT); Luiz Felipe, Pedro Henrique, Tubarão, Rhaldney (ACG)

Cartão Vermelho:

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade