PUBLICIDADE

Barcelona empata e distancia dos líderes no Espanhol

Após saída de Ronald Koeman, expectativa era que a equipe catalã retomasse o caminho das vitórias

30 out 2021 18h26
| atualizado às 18h48
ver comentários
Publicidade

O Barcelona só empatou com o Alavés, por 1 a 1, neste sábado, no Camp Nou, e se afastou ainda mais dos líderes do Campeonato Espanhol. Com o resultado, o time catalão, dirigido interinamente por Sergi Barjuan - após a demissão de Ronald Koeman - alcançou apenas os 16 pontos, na nona colocação, enquanto os visitantes, com dez, continuam na luta para fugir das últimas colocações na classificação.

Mesmo sem muita inspiração, o Barcelona buscou pressionar o Alavés no início da partida, mas só obteve sucesso em assustar o time adversário aos 18 minutos, quando Eric Garcia subiu bem para cabecear um escanteio cobrado pelo lado esquerdo, forçando o goleiro Sivera a fazer boa defesa.    

Barcelona empatou em 1 a 1 a partida contra o Alavés
Barcelona empatou em 1 a 1 a partida contra o Alavés
Foto: Reuters

Aos 20, Gavi fez ótimo lançamento para Jordi Alba dentro da área do Alavés, mas o lateral se assustou com a saída providencial de Sivera e acabou 'furando' a bola.

Como estava difícil furar a retranca, o Barcelona passou a dar um pouco mais de campo para o Alavés e buscou surpreender nos contra-ataques. Aos 22, uma roubada de bola de bola proporcionou uma escapada de Aguero, que arriscou de fora da área. Errou por pouco. Aos 40 minutos, o atacante argentino, machucado, saiu de campo, substituído por Philippe Coutinho.

O início da etapa final começou bom para o Barcelona, que abriu a contagem, logo aos três minutos, com um belo gol de Depay, que acertou ótima finalização de fora da área. Mas não deu tempo da torcida catalã festejar muito. Aos seis, Luis Rioja empatou para o Alavés.

O empate parece ter passado uma dose extra de entusiasmo aos atletas do Barcelona, que passaram a criar boas oportunidades, principalmente com Depay e Philippe Coutinho, mas sem sucesso. O Alavés aproveitou o desespero do time da casa e quase obteve a virada no final com Florian Lejeune.

Estadão
Publicidade
Publicidade