0

Após Copa do Mundo, Thiago Silva faz treinos físicos no Fluminense

Clube relembra status de ídolo do zagueiro nas redes sociais

17 jul 2018
13h08
atualizado às 13h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Considerado um dos destaques durante a participação da seleção brasileira na Copa do Mundo, Thiago Silva preferiu descansar por poucos dias após o torneio na Rússia. Nesta terça-feira, o zagueiro deu uma pausa no seu período de férias no Brasil para trabalhar e, principalmente, manter a forma no CT do Fluminense.

Zagueiro do Paris Saint-Germain, Thiago Silva vestiu uniformes do clube francês enquanto utilizava a estrutura do Centro de Treinamentos Pedro Antônio, localizado na Barra da Tijuca, sendo que foi o próprio Fluminense que divulgou a presença do jogador local, em vídeos e fotos publicados nas suas redes sociais, com o jogador realizando atividades físicas.

Fluminense fez camisa para Thiago Silva, mas zagueiro treinou no clube com camisa do PSG
Fluminense fez camisa para Thiago Silva, mas zagueiro treinou no clube com camisa do PSG
Foto: Reprodução / Twitter / Fluminense / Estadão

Thiago Silva, de 33 anos, iniciou a sua carreira nas categorias de base do Fluminense. Mas o zagueiro fez a sua estreia entre os profissionais pelo Juventude, depois passando pelo time B do Porto e pelo Dínamo Moscou. Depois, retornou ao clube carioca, onde atuou entre 2006 e 2008, sendo destaque do time na conquista do título da Copa do Brasil em 2007 e da equipe vice-campeã da Copa Libertadores em 2008.

O Fluminense ressaltou o status de ídolo do jogador ao celebrar a presença de Thiago Silva em seu CT, relembrando o apelido de "monstro" que lhe foi dado pelos torcedores do clube e também o classificando como "melhor zagueiro do mundo" em suas publicações, além dos dizeres "jamais esquecerei".

Depois do Fluminense, Thiago Silva passou pelo Milan e chegou ao PSG em 2012. O Mundial da Rússia foi a terceira Copa da sua carreira. Titular com Tite, ele teve o seu desempenho elogiado, mesmo que a seleção brasileira não tenha ido além das quartas de final.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade