PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

Presidente do Fluminense admite voltar ao Carioca

16 jun 2020 18h03
| atualizado às 18h03
ver comentários
Publicidade

O Fluminense segue com a postura contrária a volta do futebol neste momento. No entanto, o presidente Mário Bittencourt admitiu que a equipe pode retornar ao Estadual, desde que tenha tempo para o elenco trabalhar antes dos jogos.

"Seguimos achando precipitado o retorno do futebol porque entendemos que não é momento. A pandemia persiste. A maioria dos clubes do Rio de Janeiro quer voltar. Sendo assim, cedemos, mas desde que o Fluminense tenha um tempo justo de treino", disse ao Globoesporte.com.

(Foto: Divulgação/Lucas Merçon)
(Foto: Divulgação/Lucas Merçon)
Foto: Gazeta Esportiva

O prefeito do Rio de Janeiro já autorizou a retomada do campeonato. No entanto, o mandatário tricolor adiantou que não vai entrar em campo nas datas propostas pela Ferj no arbitral desta segunda-feira. Pela entidade, o Fluminense entraria em campo noa dias 22 e 24 de junho.

"Entendemos que nesse caso podemos avaliar um retorno. Como as datas marcadas para o retorno dos nossos jogos são inaceitáveis, do ponto de vista da saúde de nossos atletas. Não vamos a campo e vamos buscar as medidas na justiça desportiva para fazer valer o que é certo, já que se trata de um estado de calamidade pública", declarou.

Marcelo Crivella, ao liberar o retorno do Estadual, pediu para que a Ferj aceite os termos de Fluminense e Botafogo, que só querem atuar em julho. Nesta terça-feira, o elenco tricolor realizou testes para detectar covid-19.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade