2 eventos ao vivo

Esse cidadão “encheu o saco” para jogar aqui, dispara Eurico

23 jun 2015
12h46
atualizado às 13h43
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A polêmica em torna da contratação frustrada do lateral Léo Moura pelo Vasco ganhou uma tréplica explosiva do presidente do clube, Eurico Miranda. Irritado com a explicação para o "não" apresentada pelo jogador nas redes sociais, o mandatário apresentou uma versão diferente para a negociação. Segundo Eurico, Léo Moura procurou e “encheu o saco” para vestir a camisa vascaína, e não o contrário.

“Até o Romário (senador e ídolo vascaíno) ele procurou”, disparou Eurico durante a apresentação do novo treinador do clube, Celso Roth. “No domingo, ele foi na casa do Zé Luiz Moreira (vice-presidente de futebol) e acertou a vinda para o Vasco”, completou o mandatário, que disse ter alertado Léo Moura sobre a repercussão que a transferência teria com os torcedores rubro-negros.

Eurico Miranda criticou postura de Léo Moura
Eurico Miranda criticou postura de Léo Moura
Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Condenando o desencontro de informações, Eurico delegou a Léo Moura a irresponsabilidade por não ter cumprido sua palavra. "Ninguém tem a menor condição de dizer para mim a forma que tenho que administrar o futebol. Já sou burro velho. Só que quando a gente fala que é romântico, é que a gente ainda acha que a palavra vale muito mais do que o contrato assinado. Infelizmente, as pessoas não tem palavra", declarou

Léo Moura desistiu de acerto com Vasco
Léo Moura desistiu de acerto com Vasco
Foto: Luciano Belford / Agência Eleven/Gazeta Press

Eurico anunciou, na última segunda-feira, a contratação de Léo Moura, que há três meses recebeu uma despedida do Flamengo digna de Zico para atuar no Fort Lauderdale, dos Estados Unidos. Porém, no mesmo dia o lateral anunciou a desistência da transferência e, em mensagem na internet, disse que recebeu uma proposta, mas em nenhum assinou nada.

Eurico, que já tinha concedido uma entrevista furiosa à Fox Sports confirmando a desistência, ficou revoltado com a explicação de Moura. “Para mim a palavra vale muito mais que um contrato assinado”, disse, mantendo o discurso agressivo e se referindo ao lateral como “esse cidadão”. “Ele encheu o saco (para jogar aqui)”, repetiu ao longo da entrevista.

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade