PUBLICIDADE

Nadador britânico quebra próprio recorde nos 100 metros peito

21 jul 2019 15h59
ver comentários
Publicidade

Neste domingo, na semifinal do Mundial de natação de Gwangju, na Coreia do Sul, o novo recorde mundial dos 100 metros peito masculino em piscina longa foi estabelecido. O britânico Adam Peaty completou a prova em 56s88 e superou a melhor marca anterior, também estabelecida por ele.

Com a nova marca, Peaty se tornou o primeiro nadador a completar os 100 metros peito em menos de 57 segundos. Até então, o recorde mundial era de 57s10, estabelecido pelo britânico no Campeonato Europeu de 2018 em Glasgow, na Escócia.

Adam Peaty também é o atual campeão olímpico da modalidade. Nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, o britânico conquistou a medalha de ouro ao marcar 57s13 na final, estabelecendo o atual recorde olímpico e o recorde mundial da época.

Depois da prova, o britânico comemorou a nova marca. "Não há outra palavra para falar deste tempo do que 'inacreditável'. Vinha buscando isso há três anos", disse o nadador de 24 anos. "Desde que toquei na parede na Olimpíada do Rio eu sabia que podia ir mais rápido".

Adam Peaty é o grande nadador dos 100 metros peito na atualidade. O britânico não perde há cinco anos em competições de grande porte. Na semifinal deste domingo, ele superou em dois segundos o compatriota James Wilby e o japonês Yasuhiro Koseki. Na outra semifinal, o chinês Yan Zibei foi o vencedor com tempo de 58s67, estabelecendo novo recorde asiático.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade