0
Logo do Seleção Espanhola
Foto: terra

Seleção Espanhola

Espanha encara anfitriã Rússia pelas oitavas da Copa

30 jun 2018
20h04
atualizado em 1/7/2018 às 10h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Anfitrião da Copa do Mundo, a Rússia terá o seu maior desafio pela frente neste domingo, às 11h (de Brasília), no Estadio Luzhniki, em Moscou, onde medirá forças com a Espanha pelas oitavas de final. Os russos surpreenderam ao se garantirem na segunda fase com uma rodada de antecipação, ao baterem com autoridade Arábia Saudita por 5 a 0 e Egito por 3 a 1. Nem mesmo a derrota de 3 a 0 para o Uruguai, quando preservaram boa parte dos titulares, parece abalar a empolgação do time da casa.

Se a Rússia chega empolgada, a Espanha tenta superar a desconfiança. O time até venceu o Grupo B, porém, tropeços como o empate por 2 a 2 com Marrocos e a troca de comando técnico às vésperas da competição começar tornam a Fúria uma verdadeira incógnita.

Ao longo da semana o técnico Fernando Hierro procurou trabalhar o aspecto psicológico dos jogadores, tentando aumentar o nível de confiança. O discurso parece ter sido bem assimilado pelo grupo.

"A Espanha não pode ficar jogando como se tivesse o tempo todo com medo de errar. Este não é o nosso estilo. Temos que ir a campo e buscar a vitória como um time que sonha com coisas grandes na competição", disse o meia Thiago Alcântara.

Pelo lado da Rússia, o técnico Stanislav Cherchesov acredita que sua equipe pode ir um pouco mais longe, porém, para isso quer ver seus atletas desfilando alegria dentro do gramado.

"Entramos na competição muito pressionados, mas conseguimos a classificação, o primeiro grande objetivo. A partir desta fase qualquer coisa pode acontecer. Portanto, temos que jogar com alegria", disse Stanislav Cherchesov.

Em termos de escalação, o goleiro David de Gea está confirmado entre os titulares, apesar de não atravesar um grande momento e ser muito criticado pela imprensa e pelos torcedores do país. Fernando Hierro, porém, não confirmou o time que pretende utilizar em campo.

Na Rússia, o meia Alan Dzagoev, que se lesionou na coxa direita na estreia, volta a ficar à disposição, mas como o reserva Denis Cheryshev se tornou um dos melhores do time, o primeiro ficará como opção no banco de reservas. O zagueiro Igor Smolnikov, expulso contra o Uruguai, cumpre suspensão, mas isso não chega a ser um problema, pois ele não é considerado titular.

Caso a partida termine empatada após noventa minutos, acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade no tempo extra, o classificado será conhecido apenas na disputa de pênaltis.

FICHA TÉCNICA

ESPANHA X RÚSSIA

Local: Estadio Luzhnikí, em Moscou (Rússia)

Data: 1 de julho de 2018 (Domingo)

Horário: 11h (de Brasília)

Árbitro: Bjorn Kuipers (HOL)

Assistentes: Sander Van Roekel (HOL) e Clement Turpin (HOL)

ESPANHA: David de Gea, Dani Carvajal, Gerard Piqué, Sergio Ramos e Jordi Alba; Sergio Busquets, Thiago Alcântara, Andrés Iniesta, David Silva e Isco; Diego Costa

Técnico: Fernando Hierro

RÚSSIA: Igor Akinfeev, Mario Fernandes, Ilya Kutepov, Sergei Ignashevich e Yuri Zhirkov; Roman Zobnin, Yuri Gazinskiy, Aleksander Samedov, Aleksandar Golovin e Denis Cheryshev; Artem Dzyuba

Técnico: Stanislav Cherchesov

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade