PUBLICIDADE

Decisivo, Nikão se torna um dos 20 maiores artilheiros da história da Sul-Americana

Meia-atacante fez o gol que deu o título ao Athletico Paranaense

20 nov 2021 21h19
ver comentários
Publicidade

O Athletico Paranaense é bicampeão da Copa Sul-Americana. Essa é a primeira vez na história que um clube brasileiro conquista duas vezes a competição continental. Vencedor em 2018, o Furacão repetiu a dose ao bater o Red Bull Bragantino, neste sábado, por 1 a 0, em Montevideo, no Uruguai.

Nikão marcou 4 gols nesta e (Foto: Divulgação/Gustavo Oliveira/Athletico-PR)
Nikão marcou 4 gols nesta e (Foto: Divulgação/Gustavo Oliveira/Athletico-PR)
Foto: Lance!

Um dos remanescentes da primeira conquista, Nikão foi o autor do gol que garantiu a taça neste fim de semana. Um dos mais experientes do elenco paranaense, o meia-atacante agora é também um dos 20 maiores artilheiros da história do campeonato - é o 17º. Esse foi o 4º tento do jogador nessa edição, o 9º somando todas as suas participações (2010/2015/2018/2021).

Nikão agora é também o segundo brasileiro que mais vezes balançou as redes na competição, empatado com Kléber Gladiador. Rafael Moura, atualmente no Botafogo, lidera o ranking entre os atletas nascidos no Brasil, com 14 gols.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DA SUL-AMERICANA

- 2002/2021

1º - Hernán Barcos - 19 gols

2º - Hernan López - 16 gols

3º - Rafael Moura - 14 gols

4º - Bolaños - 13 gols

Rodrigo Mora - 13 gols

6º - Silvio Romero - 12 gols

Claudio Bieler - 12 gols

8º - Sand - 11 gols

Vargas - 11 gols

Juan Manuel Olivera - 11 gols

Bruno Marioni - 11 gols

12º - Borja - 10 gols

Suazo - 10 gols

Braian Romero - 10 gols

Agustín Alvarez - 10 gols

Wilson Morelo - 10 gols

17º - Nikão - 9 gols

Cecilio Dominguez - 9 gols

Luis Rodriguez - 9 gols

Palermo - 9 gols

Salcedo - 9 gols

Teófilo Gutiérrez - 9 gols

Rodrigo Palacio - 9 gols

Kleber Gladiador - 9 gols

Matías Fernández - 9 gols

Julio dos Santos - 9 gols

Lance!
Publicidade
Publicidade