0

De olho no Mundial, que vale vaga olímpica, Zanetti inicia treinos no Rio

A partir de segunda-feira, o ginasta vai integrar primeiro camping da temporada da seleção brasileira masculina

17 jan 2019
16h23
  • separator
  • comentários

Em um ano importante para a ginástica artística brasileira, o principal nome da modalidade no país mostra otimismo para o início dos treinamentos em 2019. A partir desta segunda-feira, no Rio de Janeiro, Arthur Zanetti integra o primeiro camping da temporada da seleção brasileira masculina, que terá como primeiro compromisso a etapa da Copa do Mundo de Melbourne, na Austrália, em fevereiro.

Em 2019, o principal objetivo é a vaga do Brasil, por equipe, nos Jogos Olímpicos de Tóquio/2020 na disputa do Mundial de Stuttgart, na Alemanha, em outubro. E ainda tem a disputa dos Jogos Pan-Americanos, em Lima, no Peru, no mês de agosto.

"A retomada foi rápida por causa do treinamento no Rio com a seleção e as duas competições que vou fazer neste início de 2019. Uma nos Estados Unidos, de um clube de Houston, e outra na Austrália. Estamos fazendo preparação física, subindo nos aparelhos e fazendo elementos da série", disse Arthur Zanetti.

O ginasta começa o ano oficialmente na etapa da Copa do Mundo de Melbourne, de 21 a 24 de fevereiro. Antes faz um torneio em Houston, nos Estados Unidos, em janeiro. "Melbourne é uma Copa do Mundo nova, que eu nunca fiz e optei por competir lá para mostrar mesmo para o mundo que já estamos iniciando o ano, competindo e vamos estar forte em 2019, um ano bem importante", afirmou. "Estou treinando elementos novos, mas não vou colocar nessas primeiras competições... talvez para o Pan seja possível".

A temporada pré-olímpica sempre é encarada com muita seriedade por causa da importância que tem. O Mundial de Stuttgart, de 4 a 13 de outubro, será classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio - as oito primeiras equipes asseguram vagas. "É bom retomar bem no início do ano com a seleção toda, para ver como estão todos, tratar contusões. Neste ano ninguém pode se machucar, tem de estar todo mundo bem, na sua melhor fase, para o Mundial. Mais uma vez vamos buscar fazer história na ginástica artística masculina com a qualificação da equipe toda".

O Brasil conseguiu ter uma equipe completa com a ginástica masculina pela primeira vez na história nos Jogos Olímpicos do Rio/2016. "O objetivo em todas as competições que tivermos por equipe é buscar o melhor resultado para nos prepararmos para o Mundial e conseguir essa vaga olímpica de novo", reforçou Arthur Zanetti.

"Para o DTB Cup (na Alemanha, de 15 a 17 de março), a equipe ainda não estará em sua melhor forma. Mas no Pan, o time tem de estar bem alinhado, em provavelmente 90% da performance para o Mundial, que é no comecinho de outubro. Sai do Pan, faz um período de estabilidade no treino e vai para o Mundial", completou o ginasta brasileiro.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade