PUBLICIDADE
Logo do Cuiabá

Cuiabá

Favoritar Time

Cuiabá mantém Denilson afastado após áudio e desmente versão

Denilson, volante do Cuiabá, treina separadamente do grupo profissional

22 fev 2024 - 09h51
(atualizado às 09h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Denilson, volante do Cuiabá
Denilson, volante do Cuiabá
Foto: Esporte News Mundo

Na última terça-feira(19), um áudio do volante Denilson, do Cuiabá, ganhou destaque nas redes sociais, contradizendo a versão do Dourado sobre os motivos de sua não inclusão nos jogos. O jogador) atribuiu seu afastamento a uma suposta proposta do Corinthians e a uma parceria entre o clube mato-grossense e seus empresários, ao passo que a diretoria do clube mato-grossense nega categoricamente a versão do atleta, afirmando que seu afastamento se deve ao excesso de peso.

Entenda o Caso entre Denilson e o Cuiabá

Embora Denilson tenha negado ser o autor do áudio vazado, o Cuiabá confirmou oficialmente que o jogador é o responsável pelas declarações. No áudio, ele menciona ter priorizado o Corinthians, recusando propostas de outros clubes como São Paulo e Fluminense. Alega também que seus empresários, que possuem uma espécie de associação com o Cuiabá, estão sendo responsáveis pelo seu afastamento, sob a justificativa de questões de peso e contratuais.

"Os caras já me queriam aí no Corinthians há maior tempão, e eu dei prioridade pro Corinthians. O São Paulo, Fluminense e outros times me queriam, mas eu dei prioridade aí. E os meus empresários falaram que não teve proposta, mas eu sei que chegou, e aí eu não vou renovar com eles, vou pra outra empresa. E até então os caras meio que são sócios aqui no Cuiabá, tá ligado. E aí os caras (Cuiabá) estão me deixando afastado, não estão me colocando pra jogar. E falam que é negócio de peso alto pra mídia, mas vai ter uma hora que eu vou perder a paciência e vou falar o que é. E aí eles tiram um negócio do meu contrato que não pode tirar" - diz Denilson no áudio vazado.

O presidente do Auriverde, Cristiano Dresch, contradiz a versão de Denilson quanto à proposta do Corinthians, afirmando que o clube paulista não fez qualquer abordagem oficial ou extraoficial pelo jogador. Dresch destaca que o afastamento do volante se deve ao não cumprimento dos índices de gordura estabelecidos em contrato, ressaltando que Denilson já foi advertido com multas por questões físicas em ocasiões anteriores.

"Ninguém procurou o Cuiabá por causa dele (Denilson), nem oficialmente nem extraoficialmente."

Apesar da proximidade entre o Cuiabá e os empresários de Denilson, o presidente do clube refutou a existência de conflito de interesse, esclarecendo que são empresas que acreditaram no clube em 2021, e todos os dirigentes conhecem seus proprietários. Cristiano Dresch assegura que não haverá punição ao jogador pelo conteúdo do áudio, mas reitera que Denilson permanecerá afastado dos jogos oficiais até alcançar o peso ideal estipulado pelo clube, expressando insatisfação com a postura extracampo do volante.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade