PUBLICIDADE
Logo do Cuiabá

Cuiabá

Favoritar Time

Com paralisação do Brasileiro, Cuiabá tem sete dias para 'arrumar a casa'

Cuiabá não joga neste fim de semana e só volta a jogar pela Copa do Brasil. Na quinta-feira, quando recebe o Goiás na Arena Pantanal

17 mai 2024 - 08h03
(atualizado às 08h03)
Compartilhar
Exibir comentários
Cuiabá
Cuiabá
Foto: AssCom Dourado / Esporte News Mundo

Com a paralisação do Campeonato Brasileiro, já que a CBF acatou o pedido de 15 dos 20 clubes da Série A para que o Brasileiro parasse por causa da tragédia no Rio Grande do Sul, a entidade máxima do futebol brasileiro paralisou e adiou as duas próximas rodadas, a sétimo e oitava, que aconteceriam nos próximos dois fins de semanas.

Com isso, o Cuiabá não joga neste fim de semana e só volta a jogar pela Copa do Brasil. Na quinta-feira, 23 de maio, recebe o Goiás na Arena Pantanal, precisando reverter o placar de 1×0 que o Esmeraldino fez da ida da terceira fase da competição. Precisa reverter o placar para se classificar para as oitavas de final.

Assim, o Dourado tem pela frente sete dias para 'arrumar a casa'. Com a chegada do novo técnico, Petit não teve tempo para 'criar' seu próprio time, já que não teve tempo para observar outras escalações. Sob seu comando, em três jogos, duas vitórias e um empate, sendo uma eliminação.

O Cuiabá perdeu para o Vila Nova, nos pênaltis, pela partida de volta da semifinal da Copa Verde. Mas essa eliminação não deve ser vista de forma ruim. O Dourado tinha perdido o jogo de ida por 2×0 e estava desacreditado na volta, mas foi pra cima e conseguiu fazer um resultado que levou a decisão para as penalidades máximas.

+ Para ficar por dentro de tudo que acontece no Cuiabá, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Com esse tempo para descanso e mais treinamentos para ajeitar o que não está bem, vai ser também para que o Cuiabá se concentre para buscar reverter o placar feito pelo Goiás no jogo de ida, 1×0. O time tem tudo para conseguir a classificação para as oitavas da Copa do Brasil. O Dourado só depende de si.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade