2 eventos ao vivo

Jogadores valorizam oportunidade de defender o Cruzeiro

2 ago 2020
10h07
atualizado às 10h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

De olho no início da Série B do Brasileiro, o técnico Enderson Moreira resolveu rodar o elenco e deu chance para alguns nomes menos utilizados no ano para o jogo do Cruzeiro contra a Patrocinense, pelo Troféu Inconfidência, um torneio de consolação do Campeonato Mineiro.  Para o zagueiro Lé, capitão do time neste sábado, o saldo foi positivo.

"O projeto nosso é sempre ir vencendo, buscando jogo a jogo bons resultados. Tivemos um bom tempo de preparação durante a parada dos campeonatos e a equipe vem evoluindo bem, entrosando cada vez mais. E o jogo de hoje serviu para que todos os jogadores ganhassem mais ritmo, mais rodagem para que durante o ano a gente possa contar com todo mundo", explicou.

O zagueiro Ramon aproveitou bastante a oportunidade. Além de firme na defesa, ele marcou um dos gols da vitória cruzeirense por 3 a 0. "Estou feliz. Primeiro, quero agradecer a Deus. Como não sou muito de fazer gols por ser zagueiro, quando você faz fica muito feliz. Fico satisfeito com a vitória, com esse resultado importante. A gente sabe que as oportunidades de jogar vão aparecer e hoje o professor me colocou para jogar e pegar ritmo", afirmou à TV oficial do clube.

Por fim, o volante Filipe Machado destacou a concentração do time em um jogo que, na teoria, não estava nos planos, já que o Cruzeiro esperava disputar as semifinais do Mineiro neste domingo. "A vitória é muito importante. O Enderson frisou para o grupo que, independentemente se o time é titular ou reserva, precisávamos entrar em campo para defender a camisa do Cruzeiro. Entramos empenhados, tivemos posse de bola e conseguimos finalizar bem, criamos muitas oportunidades", comentou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade