PUBLICIDADE

Neymar

Neymar também é ironizado no Rio: "Vai ter que declarar"

Coro ressoou pela Cinelândia várias vezes por petistas e simpatizantes de Lula

31 out 2022 - 11h14
Compartilhar
Exibir comentários
Neymar também é ironizado no Rio: "Vai ter que declarar"
Neymar também é ironizado no Rio: "Vai ter que declarar"
Foto: Estadão Conteúdo/Richard Callis

Durante boa parte da noite de domingo, 30, e da madrugada desta segunda-feira, 31, seguidores do presidente eleito Lula ironizaram o jogador Neymar na Cinelândia, reduto histórico de grandes manifestações no Rio. Eles gritavam “Neymar! vai ter que declarar”. Era uma alusão ao apoio do atacante do PSG e da Seleção Brasileira ao candidato derrotado Jair Bolsonaro na disputa pela presidência do País.

Neymar fez campanha para Bolsonaro e usou suas redes sociais para pedir votos ao atual presidente, que tentava a reeleição. Muita gente atribuiu o gesto do jogador a uma demanda sua que teria sido atendida por Bolsonaro, e que dizia respeito a sanções que Neymar sofrera da Receita Federal em razão de supostas irregularidades fiscais.

Em 2019, seu pai, Neymar da Silva Santos, conseguiu audiência com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e a partir de então obteve êxito em boa parte das negociações.

Na Cinelândia, havia muitos eleitores de Lula vestidos de vermelho, como de praxe, e ainda alguns com a camisa da Seleção brasileira. Todos festejando a vitória do candidato do PT.

Em São Paulo, notadamente na Avenida Paulista, onde uma multidão se reuniu para celebrar o resultado da eleição, Neymar também foi alvo dos manifestantes pelo mesmo motivo.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, fotos, ilustrações, áudios, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade