PUBLICIDADE

Ex-jogador diz que Neymar faria Chelsea 'virar circo': "Podem rir e fazer piada"

Atacante brasileiro cogita saída do Paris Saint-Germain para o Chelsea; jogador estaria insatisfeito com postura do clube francês

1 jul 2022 - 13h25
(atualizado às 14h14)
Ver comentários
Publicidade
PSG manifestou o desejo de negociar o atacante (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
PSG manifestou o desejo de negociar o atacante (Foto: FRANCK FIFE / AFP)
Foto: Lance!

Após a informação de que o Chelsea seria um possível destino para receber Neymar, ex-jogadores do clube questionaram uma possível chegada do camisa 10 da Seleção Brasileira ao clube londrino, taxando como a formação de um 'circo'.

Na manhã desta sexta-feira, a ESPN apontou que Chelsea é o principal candidato para receber o jogador do PSG, uma vez que Todd Boehly, novo proprietário dos Blues, busca uma contratação de impacto. A informação não agradou alguns ex-jogadores dos Blues

O ex-meia Craig Burley, que jogou por muitas temporadas no Chelsea e também pela seleção da Escócia, vê o clube londrino virando um "circo".

"O que o Chelsea virou ano passado? Um circo. Com a entrevista do Lukaku e todas aquelas besteiras. Eles estavam no topo, lutando pela Premier League, e aí tivemos as sanções. Não é culpa do Chelsea, mas de certa forma é. Tudo virou um grande circo", ressaltou.

O escocês continua sua explicação, apontando o brasileiro como um membro de uma trupe: "E se eles querem que isso continue, traga o Neymar. Ele pode andar com o trapézio enquanto os outros viram bala de canhão. E todos podem rir, fazer piada e pagar a grana. É isso que vai virar. Não (contrataria Neymar), nunca em 100 anos, desculpe", completou.

Outro a se manifestar sobre o atacante foi Frank Lebœuf, ex-atleta do Chelsea e da seleção francesa. Segundo ele, o técnico Thomas Tuchel não possuí uma boa relação com Neymar desde os tempos de PSG. Além disso, o ex-defensor enxerga o brasileiro sem qualquer consistência em campo e que não seria um reforço interessante para a disputa da Premier League.

"Me contaram que ele (Thomas Tuchel) tinha problemas com o Neymar (...) Não vejo o Tuchel querendo essa chegada, já que ele não conseguiu controlar o vestiário (no PSG) por causa da atitude de alguns jogadores, um deles certamente foi Neymar (...) Acho que ninguém quer pagar mais de 100 milhões de euros pelo Neymar (...) É o Neymar do Barcelona? Tenho dúvidas. Ou é o Neymar que vimos nos últimos três anos com muitas lesões, ausências e nenhuma consistência", declarou Lebœu.

Nesta semana, o jornal 'El País' revelou que o Paris Saint-Germain notificou o atacante brasileiro Neymar de que ele está fora dos planos da equipe. O time francês, inclusive, já sinalizou ao mercado o desejo de negociar o seu camisa 10.

Na última sexta-feira, uma cláusula de renovação automática no acordo entre PSG e Neymar foi ativada, fazendo com que o contrato do atleta se estenda até 2027. O jogador chegou ao time da Ligue 1 em 2017, mas não conseguiu conquistar uma Champions League, principal sonho do presidente Nasser Al-Khelaifi e dos torcedores.

Lance!
Publicidade
Publicidade