PUBLICIDADE

Cristiano Ronaldo pede desculpas à torcida do Manchester United e admite que time deve futebol

Atacante usou as redes para fazer mea-culpa após a equipe ser goleada por 5 a 0, em casa, no clássico contra o Liverpool

25 out 2021 12h42
| atualizado às 12h42
ver comentários
Publicidade

Cristiano Ronaldo foi totalmente ofuscado por Mohammed Salah na goleada do Liverpool sobre o Manchester United em pleno Old Trafford, neste domingo, por 5 a 0. Indignado com a atuação ruim do time, o português até perdeu a cabeça ao chutar Jones, já caído e com a bola presa ao corpo. Não foi expulso no lance por sorte e com a cabeça mais fria, admitiu que a equipe está devendo futebol e fez um mea-culpa à torcida.

"Às vezes, o resultado não é o que estamos lutando. Às vezes, a pontuação não é a que queremos. E a culpa é nossa, só nossa, porque não há mais ninguém para culpar", admitiu Cristiano Ronaldo em seu Instagram. "Nossos torcedores mais uma vez foram incríveis em seu apoio contínuo. Eles merecem mais do que isso, muito melhor ainda, e cabe a nós entregá-los. Chegou a hora", seguiu.

Foi apenas a segunda vez em sua carreira que Cristiano Ronaldo perdeu por 5 a 0 num jogo por clubes — havia levado 6 a 2 em um amistoso com Portugal. A outra foi num clássico entre Real Madrid e Barcelona em 2010. Dias depois de ser herói em virada gigante sobre a Atalanta na Liga dos Campeões, ao anotar o gol decisivo dos 3 2, o astro imaginava emplacar série de resultados positivos e acabou não sendo feliz.

Além de vir sofrendo na Liga dos Campeões, mesmo com a liderança da chave graças a duas vitórias apenas com gols decisivos dele no fim dos jogos, o United é a grande decepção do Campeonato Inglês, no qual figura apenas no sétimo lugar. Depois de investir para tentar brigar pelo título que não vem desde 2012/13, já são três derrotas em nove rodadas e oito pontos distantes do líder Chelsea (22 a 14).

São quatro jogos seguidos sem vitórias no Inglês, com três derrotas, para West Ham, Leicester e Liverpool e uma tabela ingrata pela frente. Sábado, o United visita o Tottenham e uma semana depois faz o clássico com o Manchester City. No meio deles, jogo duro na casa da Atalanta pela Liga dos Campeões.

Estadão
Publicidade
Publicidade