PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo perde gol inacreditável e Al-Nassr é eliminado; veja o lance e os memes

Falha do astro português na pequena área repercute em jornais estrangeiros e nas redes sociais

12 mar 2024 - 00h05
(atualizado às 12h21)
Compartilhar
Exibir comentários
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Foto: Reuters/Stringer

Cristiano Ronaldo e o Al-Nassr tiveram uma noite complicada na Liga dos Campeões da Ásia. Depois de ter sido punido na 21ª rodada por gesticular de forma obscena, o ídolo português perdeu um gol inacreditável no segundo tempo da partida contra o Al Ain. O erro repercutiu nas redes sociais com memes e nos veículos internacionais.

Cristiano pegou um rebote do goleiro aos 15 minutos do segundo tempo e, sem marcação na pequena área, chutou com o pé esquerdo para fora. Com 877 gols na carreira, CR7 teve um dos lances mais perdidos da sua trajetória no futebol.

O portal espanhol Marca definiu como "o fracasso mais clamoroso de Cristiano em toda sua carreira". O jornal As tratou o episódio na mesma linha. "Falha mais ridícula da carreira de Cristiano", sentenciou o veículo. Em Portugal, o site A Bola chamou o lance de "o maior desperdício de toda sua carreira".

Veja memes sobre o gol perdido de Cristiano Roandlo

Nas redes sociais, o público não perdoou e fez diversos memes sobre o jogo. Comentando desde a atuação de Cristiano, até comparando o astro português com Lionel Messi, algo muito comum.

O jogo

O Al Ain já estava na vantagem do jogo de ida, com placar de 1 a 0. Se Cristiano tivesse marcado gol quando o placar estava empatado em 2 a 2, o resultado levaria o jogo da volta para a prorrogação. Minutos depois, o brasileiro Alex Telles fez o terceiro gol do Al-Nassr, e o jogo, válido pelas quartas de finais, acabou sendo estendido à prorrogação.

No tempo extra, o time de Cristiano Ronaldo ganhou por 4 a 3, com gol do atacante português. Nos pênaltis, porém, o Al Ain foi melhor e eliminou o Al-Nassr, que não tem mais chances de disputar o Mundial de Clubes 2025.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade