8 eventos ao vivo
Logo do Coritiba
Foto: terra

Coritiba

Marcelo Oliveira chega para resgatar o Coxa no Brasileirão

25 jul 2017
10h21
  • separator
  • comentários

Cinco anos após sua saída do Alto da Glória após duas temporadas vitoriosas, Marcelo Oliveira foi apresentado oficialmente como novo treinador do Coritiba para tentar salvar o rumo do time no Campeonato Brasileiro, única competição que restou ao Alviverde este ano. O técnico retorna com um currículo vitorioso, incluindo um bicampeonato brasileiro e a Copa do Brasil, reencontrando agora o clube que o projetou nacionalmente no cargo.

"Estou mais experiente do que naquele momento que passou, embora tenham sido dois anos de boas lembranças para todos. Eu tinha certeza que um dia voltaria", disse o treinador, que espera ser o elo para reagrupar novamente o elenco, diretoria e torcedores. "Chegou esse momento. Estou aqui com muito prazer e entusiasmo para retomar ao caminho natural do time no Campeonato Brasileiro. E precisamos unir as forças para que isso seja viável de acontecer em curto prazo", acrescentou.

O comandante coxa-branca retornou também valorizado, com um salário alto para os padrões do clube e trazendo sua própria comissão técnica, mas terá um contrato curto, de seis meses, mostrando que o foco é mesmo o Brasileirão. "É uma situação específica. A gente olha o negócio mas, olha o coração também. Não aceitei algumas propostas nos primeiros meses do ano, coma ideia de ficar com a família, descansar um pouco após seis anos desgastantes. Pensava que não deveria trabalhar mais esse ano. Mas não resisti ao convite porque era o Coritiba", afirmou.

O desafio agora é colocar o time de volta na zona de classificação para a Libertadores e, para isso, Marcelo quer entender o que causou a queda do time na tabela, começando por não perder mais pontos no Couto Pereira. "Eu estava acompanhando o Coritiba, desde que saí acompanho e percebo nesse final de primeiro turno dois momentos. O primeiro com sete jogos excepcionais e depois a queda de produção. Temos que detectar o que aconteceu para que houvesse essa oscilação. E o Coritiba tem que resgatar aquela posição que tem dentro de casa. Em um campeonato de pontos corridos longo tem que ter aproveitamento em casa e buscar pontos fora", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade