PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Roger Guedes se aproxima de liberação contratual na China e empolga o Corinthians

Timão está otimista pela contratação do jogador, mas espera rescisão contratual do atacante com o Shandong Taishan

25 jul 2021 07h04
| atualizado às 08h28
ver comentários
Publicidade

O estafe do atacante Roger Guedes se aproximou de um acordo com o Sandong Taishan, da China, para a rescisão amigável do atleta com a equipe, o que significa que o jogador está mais próximo de ficar livre no mercado. Uma vez desligado do time asiático, a situação para que o atleta se torne o terceiro reforço do Corinthians na temporada cresce bastante.

Em três temporadas no futebol chinês, Roger Guedes marcou 27 gols (Foto: Divulgação)
Em três temporadas no futebol chinês, Roger Guedes marcou 27 gols (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

A diretoria corintiana e os representantes de Guedes já conversam há alguns dias, mas o clube mantém cautela para tornar o interesse em negócio, pois aguarda a liberação do profissional junto ao clube que ele é ligado atualmente

Ainda que Atlético-MG, Flamengo e Grêmio também tenham demonstrado interesse em Roger, a direção do Corinthians está empolgada com a evolução do negócio nos próximos dias, com a rescisão do jogador com o Shandong.

A condução que a cúpula corintiana tem levado o negócio por Roger Guedes é semelhante a que teve na contratação de Renato Augusto, na última quarta-feira (22). A diferença é que dessa vez a concorrência tende a ser maior, e com Renato a identificação com o Timão, clube que ele já havia defendido entre 2013 e 2015, pesou.

Enquanto as tratativas prosseguem, o jogador instigou os torcedores corintianos através das redes sociais no último sábado (24), após comentar em duas fotos de Fábio Santos defendendo o Time do Povo, uma de 28 de março e outra mais recente, de 9 de julho. Nelas, as frases "Bora papai" e "Já sabe né".

Fábio Santos e Roger Guedes jogaram juntos no Atlético-MG em 2018.

Além disso, o atacante postou em seus stories no Instagram as bandeiras da China e do Brasil.

Lance!
Publicidade
Publicidade