PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

No reencontro com torcida, Corinthians atropela Tijuana e retoma briga

13 mar 2013 23h53
| atualizado em 14/3/2013 às 01h00
ver comentários
Publicidade

O torcedor que pôde retornar nesta quarta-feira ao Pacaembu para assistir ao Corinthians na Copa Libertadores da América voltou para casa satisfeito. O time de Tite teve noite inspirada, atropelou o Tijuana com dois gols no primeiro tempo e um no segundo, e conseguiu a vitória por 3 a 0 que recolocou a equipe na briga pelo primeiro lugar do Grupo 5 do tornio.

Agora com sete pontos, o Corinthians diminuiu para dois a diferença para o próprio Tijuana, ainda líder com nove. Não só isso: também se distanciou dos outros dois clubes da chave, o Millonarios e o San Jose, com três e um ponto, respectivamente, e respirou mais aliviado na briga por uma vaga na próxima fase do torneio.

As equipes, entretanto, se enfrentam ainda nesta quinta, no Estádio Jesús Bermúdez, na Bolívia, e uma delas pode se aproximar do clube brasileiro na classificação. O Corinthians, contudo, volta a campo pela Libertadores apenas no dia 3 de abril, quando irá encarar o Millonarios, na Colômbia. Tijuana e San José se enfrentam no mesmo dia.

No jogo desta quarta, o Corinthians começou sufocando o Tijuana e mostrando o quanto é forte no Pacaembu. Com Renato Augusto soberano pela ala direita, a equipe alvinegra alçou bolas na área com perigo, mas não conseguiu concluir. As coisas aparentaram ficar difíceis quando o atacante Alexandre Pato pediu para ser substituído, com dores musculares.

Pato comemora com Alessandro, um dos destaques do Corinthians na partida
Pato comemora com Alessandro, um dos destaques do Corinthians na partida
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Apreensivos, os mais de 33 mil corintianos no estádio não esperavam que o camisa 7 deixasse uma surpresa antes de sair de campo. Renato Augusto avançou pelo lado direito da área e chutou forte: a bola foi ao travessão, à trave, ao travessão de novo e sobrou para o próprio Pato, que só empurrou. Deu adeus no minuto seguinte, aos 26, para a entrada de Romarinho.

O gol inflamou o time paulista, que foi para o ataque. O segundo tento não demorou para sair. Renato Augusto, em noite infernal, correu pela ala direita e rolou para Alessandro cruzar e Guerrero, meio sem jeito, só finalizar, de primeira. A bola encobriu o goleiro rival e entrou mansamente na meta do Tijuana: 2 a 0.

Agressivo desde o início, o Corinthians voltou mais disposto a administrar o resultado na etapa complementar. Com forte marcação no meio-campo, o time alvinegro segurou os contra-ataques mexicanos e por pouco não ampliou com Romarinho no fim. Coube a Paulinho cabecear - em nova jogada de Renato Augusto - para o gol do Tijuana, aos 36min, e decretar números finais.

Ficha técnica

CORINTHIANS 3 x 0 TIJUANA

Gols
CORINTHIANS

Pato, aos 26min, e Guerrero, aos 35min do primeiro tempo, e Paulinho, aos 36min do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Renato Augusto; Guerrero e Pato (Romarinho)
Treinador: Tite

TIJUANA: Saucedo; Nuñez, Gandolfi, Aguilar e Abrego (Garza); Fernando Arce, Pellerano, Corona (Ruiz) e Moreno; Martínez e Riascos (Marquez)
Treinador: Antonio Mohamed

Cartões amarelos
CORINTHIANS:
Alessandro
TIJUANA: Aguilar, Arce, Pellerano, Moreno e Nuñez

Renda e Público

33.120 pessoas e renda de R$ 2.049.017,50

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade