PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Denúncias e falas de Augusto Melo explodem suspeitas de 'fogo amigo' no Corinthians

Timão vive dias turbulentos por conta das denúncias envolvendo patrocínio máster

24 mai 2024 - 07h41
Compartilhar
Exibir comentários

O Corinthians vive dias de muita tensão. Desde a denúncia de que uma "empresa laranja" supostamente teria participado da divisão da comissão no acordo pelo patrocínio máster do Timão, o clima internamente é de insegurança. Algumas pessoas, inclusive, desconfiam de que vazamentos de informações vêm de profissionais do clube que possuem interesse em prejudicar a gestão.

Foto: Lance!

O clima de ruim aumentou nesta quinta-feira (23), quando o então superintendente de marketing Sérgio Moura pediu afastamento do cargo por tempo indeterminado e o diretor financeiro Rozallah Santoro solicitou demissão, que não foi aceita pelo presidente Augusto Melo.

O descontentamento de Rozallah se deu pela entrevista do mandatário corintiano ao podcast "Cross", também nesta quinta-feira (23). Na conversa, Augusto Melo lamentou o afastamento de Sérgio Moura e, indiretamente, responsabilizou o departamento financeiro pela assinatura do contrato de patrocínio master com a "Vai de Bet".

Rozallah, no entanto, não foi responsável pela autorização do repasse da comissão à empresa "Rede Social Media Design LTDA", cuja propriedade é de Alex Cassundé, pessoa próxima a Sérgio Moura e que coordenou as mídias digitais da campanha de Augusto Melo à presidência do Corinthians. A autorização do repasse de duas parcelas de R$ 700 mil foi feita por Marcelo Mariano, diretor administrativo do Timão.

Mariano, inclusive, é um dos mais incomodados com a manutenção de alguns profissionais no quadro de funcionários do Timão. Para ele, muitos deles têm ligação com Rubens Gomes, o Rubão, ex-diretor de futebol, demitido no início de maio.

Homem forte da campanha que elegeu Augusto Melo presidente do Corinthians, Rubão entrou em rota de colisão pouco tempo após o início da atual gestão. E o principal ponto de discordância foi a presença de um intermediário no negócio com a "Vai de Bet". Rubens, inclusive, conversava com outra casa de apostas online quando o presidente fechou o acordo com a atual patrocinadora máster do clube alvinegro.

Em dado momento, Marcelo Mariano sugeriu a demissão de todos os profissionais de alguns departamentos. A ideia foi considerada por Augusto Melo, mas revogada após o presidente relevar os aspectos técnicos e de gestão.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade