PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Corinthians notifica VaideBet e sonha com novo patrocínio com valores astronômicos

Timão pede valor milionário a antiga patrocinadora máster

21 jun 2024 - 19h09
(atualizado às 23h05)
Compartilhar
Exibir comentários

O Corinthians notificou a VaideBet na última quinta-feira (20) cobrando R$ 6,3 milhões referente a saldo residual no contrato de patrocínio entre as partes. Ao mesmo tempo, o clube alega que a casa de apostas seguiu utilizando a marca da instituição mesmo após o rompimento do vínculo de patrocínio máster. As informações foram divulgadas pelo "ge" e confirmadas pelo Lance!.

Foto: Lance!

O Timão afirma não ter controle sobre a Rede Social Media Design, empresa que intermediou o acordo e repassou parte do montante a um suposto "laranja". Durante a parceira, o Corinthians recebeu aproximadamente R$ 70 milhões de reais.

Ademais, o contrato previa o pagamento de 10% do valor restante previsto no vínculo por quem rompesse acordo, que hoje equivale a cerca de R$ 30 milhões. No entanto, ainda existe a possibilidade do clube não receber o valor a depender das justificativas apresentadas pela empresa à justiça.

Sem um patrocinador máster, o clube escuta propostas de outras casas de apostas. O Corinthians espera receber um valor próximo ao acordado com a VaideBet, embora essa possibilidade seja vista com dificuldade em razão dos últimos acontecimentos envolvendo a instituição.

RELEMBRE O FIM DA PARCERIA

Assinado em janeiro deste ano, o acordo entre as partes tinha validade até dezembro de 2026 e previa o pagamento de R$ 370 milhões. Deste montante, o clube recebeu pouco menos de R$ 70 milhões desde o início do ano.

No dia 27 de maio, a VaideBet notificou o clube solicitando explicações a respeito da suposta participação de um "laranja" na intermediação. No documento enviado à diretoria corintiana, a empresa afirma que "a vinculação do nome da VaideBet com o presente escândalo envolvendo a diretoria do Corinthians e a intermediadora tornam a presente relação contratual excessivamente onerosa para o patrocinador"

O Corinthians retornou a notificação no dia seis de junho, mas os argumentos apresentados não convenceram a patrocinadora, que optou pelo término da parceria.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade