PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Corinthians exalta "absoluta dedicação" de Jemerson e Otero

O clube se manifestou sobre fim dos contratos dos jogadores, que não renovaram compromissos e receberam agradecimentos da direção alvinegra

2 jul 2021 18h44
| atualizado às 19h47
ver comentários
Publicidade

O Corinthians demorou, mas finalmente se despediu de Jemerson e Otero, que ficaram sem contrato com o clube a partir da última quinta-feira, 1º de julho. Sem acordo para renovação, ambos ficaram livres no mercado, mas receberam os agradecimentos públicos por parte da direção alvinegra via redes sociais.

Dupla recebeu os agradecimentos do Corinthians por seus serviços (Foto: Montagem/Ag. Corinthians)
Dupla recebeu os agradecimentos do Corinthians por seus serviços (Foto: Montagem/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

Na tarde desta sexta-feira, o Corinthians se manifestou em seu perfil oficial do Twitter para marcar o término das curtas passagens do zagueiro e do meia pelo Parque São Jorge. O último dia de contrato da dupla foi em 30 de junho, última quarta. Jemerson ainda chegou a ser relacionado para o clássico contra o São Paulo, enquanto Otero vinha fora há algum tempo, com a seleção venezuelana.

O clube agradeceu a "absoluta dedicação e profissionalismo" dos dois enquanto defenderam o Corinthians nestes últimos meses, além de desejar sorte nas próximas caminhadas profissionais dos ex-corintianos.

"No último dia 30 encerraram-se os contratos do zagueiro Jemerson e do meia Otero. O Corinthians agradece a ambos pela absoluta dedicação e profissionalismo enquanto vestiram a camisa alvinegra, e os deseja sorte nas sequências de suas carreiras", disse o texto publicado pelo clube.

Ao todo, Jemerson disputou 21 jogos pelo Corinthians e marcou três gols, dois deles contra a Inter de Limeira, nas quartas de final do Paulistão deste ano. Durante o período de quase oito meses no clube, ele acabou enfrentando lesões que o deixaram afastado do gramado sem conseguir a sequência esperada no time.

Em 10 meses de clube, Otero atuou em 41 jogos e marcou quatro gols, sendo apenas um deles de falta, sua especialidade. No entanto, anotou um tento importante na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, na Neo Química Arena, no Brasileirão. Sua última partida foi a semifinal do Paulistão.

Ambos tinham a opção de renovação com o Corinthians, mas, por conta da contenção de gastos que se tornou a política de gestão de Duilio Monteiro Alves, a opção foi por não onerar ainda mais a folha de pagamento, com os altos salários. Assim, não houve acordo pela prorrogação dos vínculos.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade