PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Com futuro incerto, Jemerson celebra gols e vaga do Corinthians em semifinal

Zagueiro, que marcou duas vezes na vitória diante da Inter de Limeira, tem contrato até o fim de junho

11 mai 2021 19h07
| atualizado às 19h07
ver comentários
Publicidade

O Corinthians goleou nesta terça-feira e se classificou para a semifinal do Campeonato Paulista Sicredi 2021. Mas não foi um atacante ou um medalhão do time que brilhou na Neo Química Arena. O principal destaque da equipe na vitória por 4 a 1 diante da Inter de Limeira foi o zagueiro Jemerson, que ainda não sabe se estará no clube no segundo semestre.

Jemerson marcou dois gols na goleada de 4 a 1. E não foram necessárias jogadas de bola parada para balançar as redes. Os dois lances foram de bola rolando, com assinatura de artilheiro, algo que já não é novidade para o jogador de 28 anos.

"É a terceira ou quarta vez que marco dois gols (numa mesma partida). Estou feliz. Mais feliz pela vitória e pela vaga. A equipe jogou bem. Em alguns momentos, deixamos de ser agressivos como o professor pediu, mas estou feliz", comentou o defensor, ao sair de campo.

Curiosamente, outro gol corintiano nesta tarde foi marcado por outro zagueiro, Raul Gustavo, confirmando a aposta do técnico Vagner Mancini em escalar a equipe com três zagueiros. Tanto no placar quanto dentro das quatro linhas, o Corinthians vem exibindo nítida evolução nas últimas partidas.

Jemerson, contudo, não sabe se poderá seguir evoluindo com o time nos próximos meses. Ele tem contrato somente até o fim de junho e sua permanência no clube é uma incógnita. "Ainda não (a possível renovação). Enquanto eu estiver aqui e com contrato, vou fazer de tudo para representar o Corinthians em campo", declarou o zagueiro.

O defensor, com passagens pela seleção brasileira, é um dos cotados para deixar o clube em razão do salário acima da média. A diretoria do Corinthians já indicou que a prioridade para este ano é cortar custos e reduzir as dívidas, apostando em jogadores da base, com menor salário e maior potencial de lucratividade na futura venda, em detrimento de atletas mais experientes e caros.

Estadão
Publicidade
Publicidade