1 evento ao vivo

Após goleada do Flamengo, Muller sai em defesa de Cássio: "Deixem ele em paz"

19 out 2020
09h02
atualizado às 09h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois da goleada aplicada pelo Flamengo, Cássio fez um desabafo sobre seu atual momento no Corinthians. Criticado pela torcida nas últimas semanas, o goleiro afirmou que está sendo usado como escudo e indicou que pode sair do Timão caso entenda que esteja atrapalhando.

Em participação no Mesa Redonda, Muller, ex-atacante do São Paulo, defendeu o ídolo corintiano. Para ele, o técnico Vagner Mancini e a diretoria do clube deveriam pedir para a torcida parar com os protestos por conta da grande história que Cássio tem no clube.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Foto: Gazeta Esportiva

"O treinador, que é o comandante do time, tem que chegar amanhã no CT do Corinthians e falar para a torcida: 'Não cobrem o Cássio, não façam o que vocês estão fazendo, porque ele é o maior ídolo do clube, tem uma história maravilhosa no clube, então deixem o Cássio em paz'", disparou Muller.

"Porque o jogador sai do campo no calor do jogo, com os nervos a flor da pele. Ele vai falar alguma coisa que não deve, mas o Cássio até foi bem nas declarações. Então agora é hora da diretoria, do Duílio e do Andrés falarem: 'Não mexam com o Cássio, ele é intocável mesmo'", acrescentou.

O goleiro tem sido bastante criticado em função de falhas nas últimas partidas, o que tem ameaçado sua condição de titular da equipe. O reserva Walter foi o destaque alvinegro no jogo contra o Athletico-PR, fazendo com que sua situação no clube fique ainda mais complicada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade