1 evento ao vivo

Bruno Soares é homenageado com a Medalha da Inconfidência Mineira

22 mai 2013
19h31

Nesta quarta-feira, o tenista Bruno Soares ganhou uma grande honraria e levou a Medalha da Inconfidência Mineira, a mais alta comenda concedida pelo governo de Minas Gerais e que é dada a personalidade que contribuíram para projetar a bandeira mineira no Brasil e no mundo.

Criada em 1952, por Juscelino Kubitschek, a Medalha da Inconfidência Mineira é entregue anualmente no dia 21 de abril, feriado de Tiradentes, mas como Bruno Soares estava em competição, os organizadores marcaram uma nova data para entregar o prêmio ao atleta.

Atualmente com 31 anos de idade, o tenista foi um dos homenageados neste ano por conta dos resultados obtidos no ano passado, quando venceu o Aberto dos EUA nas duplas mistas, ao lado de Ekaterina Makarova, e os ATPs de Kuala Lumpur, Tóquio, esses dois com Alexander Peya, o de São Paulo, ao lado de Eric Butorac, e o de Estocolmo, juntamente com Marcelo Melo, que também ganhou a medalha.

Neste ano, Bruno Soares já foi campeão dos ATPs de Auckland, com Colin Fleming, de São Paulo e Barcelona, tendo como companheiros Alexander Peya. A honraria foi entregue ao tenista em cerimônia realizada na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte (MG), onde Bruno Soares recebeu a medalha das mãos do vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho.

"Esta honraria é um reconhecimento muito importante que vou levar comigo tanto na minha carreira quanto na vida pessoal. Isso me faz querer levar cada vez mais a bandeira de Minas Gerais para o topo em todos os torneios e me incentiva a lutar por mais títulos em prol da minha terra natal", disse Soares, depois de ser premiado.

Além de Soares e Melo, Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, Gleisi Hoffmann, ministra-chefe da Casa Civil, e outras personalidades ganharam a Medalha da Inconfidência Mineira. Agora, Bruno Soares vai para a França, onde vai disputar o torneio de Roland Garros.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade