3 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Seleção inicia hoje 'estrago' de duas rodadas no Brasileiro

7 out 2019
15h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Num momento de definições do Campeonato Brasileiro, eis que surge a Seleção para atrapalhar a vida dos clubes, em razão de dois amistosos sem importância, contra Senegal e Nigéria, dias 10 e 13 de outubro, em Cingapura. Por causa de convocações de critérios duvidosos do técnico Tite, as 24ª e 25ª rodadas do Brasileiro, no meio e no fim de semana, podem estar comprometidas para alguns clubes com objetivos bem claros na competição.

Foto: Pedro Martins / MoWA Press

O Flamengo vai ficar desfalcado de Gabigol, o artilheiro do Brasileiro, e do zagueiro Rodrigo Caio para os jogos com Atlético-MG, no Rio, e Athletico-PR, fora de casa. Os cariocas lideram o campeonato com cinco pontos de diferença sobre o segundo melhor, o Palmeiras.

O Grêmio também estará privado de dois de seus destaques na temporada: o meia Matheus Henrique e o atacante Everton Cebolinha não participarão das partidas contra Ceará, no Sul, e Atlético-MG, no campo do adversário.

A equipe gremista ocupa a oitava posição no Brasileiro e tem boas chances de chegar entre os quatro primeiros para garantir vaga na fase de grupos da Libertadores de 2020, independentemente do que ocorrer na atual edição do torneio continental, em que disputa uma das semifinais com o Flamengo.

Também disposto a se garantir entre os mais bem pontuados, o São Paulo não poderá ter o dublê de lateral e meia Daniel Alves no confronto com o Bahia, em Salvador, e no clássico paulista contra o Corinthians. Até o Botafogo, que começa a flertar com a parte de baixo da tabela, acabou cedendo um jogador, o lateral Marcinho, à Seleção e, por isso, atuará desfalcado contra Goiás, no Rio, e Palmeiras, no Allianz Parque.

Outros dois jogadores que atuam no futebol brasileiro convocados para esses amistosos talvez não façam tanta falta a seus respectivos times. De todo modo, os goleiros Weverton (Palmeiras) e Santos (Athletico-PR) vão dar a vez nessas duas rodadas a reservas sem ritmo de jogo. O Palmeiras está na briga pelo título, embora veja o Flamengo se distanciando cada vez mais.

Além do despropósito de desfalcar os times no Brasileiro e da fragilidade de Senegal e Nigéria, outro motivo desperta interrogações sobre esses próximos jogos da Seleção. Por que realizá-los em Cingapura, país asiático bem distante da Europa e mais ainda da América do Sul? Nem mesmo a CBF conseguiu dar uma resposta convincente. Hoje, o time de Tite já comandou um leve treino num campo anexo ao Estádio Nacional de Cingapura, com apenas 11 jogadores. Os demais vão se apresentando aos poucos.

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade