0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Seleção Brasileira terá muitos desafios em 2020

24 dez 2019
13h16
  • separator
  • 0
  • comentários

A conquista da Copa América em 2019 soou como obrigação para a Seleção brasileira. Fez o dever de casa, embora sem apresentar um futebol convincente. Depois disso, a queda de rendimento foi notória, com tropeços contra equipes inexpressivas. O técnico Tite se manteve no cargo e terá pela frente um ano de desafios, principalmente depois do que o Flamengo aprontou na temporada, com o futebol mais bonito do País, elevando o padrão de exigência do torcedor brasileiro.

Foto: Pedro Martins/MoWA Press

Em 2020, o Brasil disputará outra Copa América, em junho e julho, sediada por dois países, Argentina e Colômbia. Em condições naturais, não seria nada de mais voltar para casa sem o título. Até porque a competição deve servir para a comissão técnica da Seleção fazer testes na equipe. Mas, dependendo do que ocorrer antes, a história pode ser outra.

Isso porque a Seleção inicia em março sua trajetória nas eliminatórias para o Mundial do Catar, em 2022, enfrentando, como mandante, a Bolívia, e, depois, fora, o Peru. Se houver algum revés nesse começo de caminhada, a permanência de Tite estará de novo sob risco. Já foi assim no segundo semestre de 2019, após derrotas para Argentina e Peru e empates com Colômbia, Senegal e Nigéria.

Tite não goza mais do prestígio de antes na CBF e convive ultimamente com a sombra do técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus, nome que agrada muito a cúpula da entidade nacional. Para que a Seleção tenha um ano de paz e prosperidade, uma boa campanha nas eliminatórias e na Copa América não basta. É preciso que o time tenha atuações destacadas, que jogue como o Flamengo, com ousadia e em busca do gol o tempo todo.

Para tanto, seria importante o retorno de Neymar com força total. O jogador passou 2019 praticamente longe da Seleção por causa de lesões. Em forma e com vontade, o atacante do PSG pode ajudar bastante o projeto de Tite visando ao Mundial do Catar.

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade