0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Tite nega favoritismo brasileiro nas Eliminatórias e cita pressão por bom desempenho

17 dez 2019
11h27
atualizado às 11h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Nesta terça-feira, em cerimônia realizada na sede da Conmebol, no Paraguai, foram definidos os confrontos das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. Tite, técnico da Seleção Brasileira, esteve no evento, e comentou sobre as perspectivas da equipe.

Treinador vê equipe pressionada (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Treinador vê equipe pressionada (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

O Brasil é a única seleção que esteve presente em todas as edições da Copa do Mundo, mas de acordo com o comandante, não há favoritismo brasileiro.

"(A Seleção Brasileira) Não se sente favorita. Se sente pressionada a ter um grande desempenho", disse.

Tite também avaliou positivamente o fato do Brasil estrear em casa, diante da Bolívia, ainda que o estádio não tenha sido definido.

"Estrear em casa é sempre melhor. Paridade de forças, tudo muito equilibrado", afirmou.

Além disso, o treinador também analisou o equilíbrio das Eliminatórias, e garantiu que há um grande nivelamento entre as equipes.

"Até a sexta rodada (das Eliminatórias passadas), o Brasil não estava entre os classificados. A Argentina conseguiu a classificação no final. Há um nivelamento físico, técnico, tático e mental das equipes", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade