PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Neymar se estranha com Mina, completa 114º jogo pela Seleção e ultrapassa Pelé

10 out 2021 20h53
| atualizado às 23h23
ver comentários
Publicidade

O empate contra a Colômbia, marcado por embates entre Neymar e Mina, foi a 114º exibição do atacante com a camisa da Seleção. A partida disputada em Barranquilla na noite deste domingo deixou o atleta do Paris Saint-Germain (PSG) à frente de Pelé entre os que mais atuaram pelo Brasil.

Com um jogo a mais que os ídolos Pelé e Djalma Santos, Neymar já é o quinto colocado na lista histórica da Seleção. O atacante do PSG, por enquanto, é superado apenas por Cafu (150), Roberto Carlos (132), Rivellino (120) e Daniel Alves (120).

Com 29 anos de idade, Neymar já é também o segundo colocado na lista de artilheiros da Seleção Brasileira, uma vez que anotou 69 gols. A liderança no quesito é ocupada por Pelé, que balançou as redes 95 vezes, pelas contas da CBF - segundo a Fifa, foram 77.

De volta após desfalcar a Seleção contra a Venezuela, Neymar foi escalado como titular por Tite diante da Colômbia. O atacante se estranhou durante o segundo tempo com o zagueiro colombiano Yerry Mina, que passou pelo Palmeiras e, atualmente, defende o Everton.

Um dos protagonistas da partida na etapa inicial, Neymar deixou Lucas Paquetá e Fred em condições de marcar, mas ambos desperdiçaram as oportunidades. Na etapa complementar, porém, o atacante caiu de rendimento e cometeu seguidos erros em Barranquilla.

Com 28 pontos em 10 partidas, a Seleção permanece confortavelmente instalada na liderança das Eliminatórias e está cada vez mais perto da classificação à Copa do Mundo 2022. Pela 12ª rodada, às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira, o Brasil encara o Uruguai, na Arena da Amazônia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade