0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

João Peglow faz dois e Brasil goleia o Canadá na estreia do Mundial Sub-17

26 out 2019
19h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Neste sábado, a Seleção Brasileira estreou com o pé direito no Mundial Sub-17. Em duelo válido pelo Grupo A da competição, no Estádio Bezerrão, em Gama (DF), a canarinho não tomou conhecimento do Canadá e venceu por 4 a 1. João Peglow (duas vezes), Demian (contra) e Gabriel Veron foram às redes para o Brasil. Russell-Rowe foi o autor do único gol canadense.

Com o resultado, os donos da casa assumiram a primeira colocação. Dependendo do placar da partida entre Angola e Nova Zelândia, que também acontece neste sábado, o time comandado por Guilherme Dalla Déa pode perder a liderança.

Na próxima rodada, o Brasil volta ao Bezerrão para o compromisso previsto para a próxima terça-feira, às 20 horas (de Brasília), contra a Nova Zelândia. No mesmo dia e estádio, o Canadá enfrenta a Angola, às 17 horas (de Brasilia).

O Brasil goleou na estreia do Mundial Sub-17 (Foto: Reprodução/Twitter)
O Brasil goleou na estreia do Mundial Sub-17 (Foto: Reprodução/Twitter)
Foto: Gazeta Esportiva

A partida começou eletrizante. Com cinco minutos no relógio, Kaio Jorge achou Daniel Cabral na entrada da área. O camisa 5 finalizou forte e o goleiro fez grande defesa. O Brasil continuou pressionando o adversário e, aos 16 minutos, Yan cruzou na medida para João Peglow bater no contrapé do goleiro e inaugurar o marcador. Após mais uma boa participação de Kouadio, arqueiro canadense, Demian tentou tirar a bola, mas foi infeliz e acabou empurrando contra o próprio patrimônio.

Os brasileiros mantiveram a intensidade e, com menos de um minuto do segundo tempo, Peglow aproveitou uma falha do zagueiro e emendou um chute de primeira fazer seu segundo. Aos dez, virou goleada. Gabriel Veron antecipou o defensor do Canadá e vazou mais uma vez a meta visitante. Os anfitriões seguiram com amplo domínio das ações e Kaio Jorge quase deixou sua marca. No entanto, faltando cinco para o apito final, Russell-Rowe contou com um desvio para diminuir e dar números finais ao jogo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade