PUBLICIDADE
Logo do Seleção Brasileira

Seleção Brasileira

Favoritar Time

Da Mata se emociona com gol na Copa Sub-17 e relembra críticas após estreia: 'Soube que perdi minha tia no aquecimento'

Zagueiro da Seleção Brasileira de base foi julgado por torcedores após erros contra o Irã, na derrota por 3 a 2

17 nov 2023 - 12h54
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Lance!

Foto: Lance!

A vitória da Seleção Brasileira por 2 a 1 sobre a Inglaterra, pela Copa do Mundo Sub-17, teve um gosto doce para Da Mata. O zagueiro das categorias de base do Grêmio marcou seu primeiro gol na competição, em jogo que marcou uma espécie de volta por cima para o defensor.

Na estreia contra o Irã, o jovem jogador acabou tendo má atuação e foi amplamente criticado por torcedores nas redes sociais após a derrota. O técnico brasileiro Phelipe Leal optou por tirá-lo dos 11 titulares na goleada sobre a Nova Caledônia por 9 a 0. Recebendo nova oportunidade, Da Mata fez partida segura contra os ingleses e justificou o primeiro jogo abaixo da média de forma emocionante.

- Sofri críticas no primeiro jogo, mas minha cabeça estava a mil. Para quem não sabe, minha tia havia falecido, e esse gol foi para ela. Muitos acham que a vida de jogador é fácil, mas eu entrei em campo com um peso, olhei pro céu e fiquei sabendo que ela tinha falecido no aquecimento. Esse gol é para ela, que sempre foi minha torcedora número 1. Ela está lá no céu vendo a gente de longe e essa homenagem aqui a ela - lembrou o zagueiro.

O gol de Da Mata foi muito importante para garantir a classificação brasileira em segundo no grupo C, já que o Irã também venceu na rodada. A Seleção conseguiu a segunda vaga pelo saldo de gols. O defensor também celebrou a vitória conquistada em Jacarta.

- Essa vitória é fruto de muito trabalho. A equipe está sempre unida, independente da derrota, do empate, a gente sempre se manteve unido e sabia que não ia ser diferente. Sobre o gol, querendo ou não eu já estava ciente. Falei com meu pai, que me deu muita segurança e falou que ia sair o meu gol. Mais importante que isso, só a união e a vitória, e a classificação - disse o atleta.

Agora, a Seleção tem pela frente o Equador, adversário enjoado e que não foi batido na conquista brasileira do Sul-Americano da categoria, ainda em 2023. O jogo acontece na segunda-feira (20), às 5h30 (horário de Brasília).

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade