PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Cobrado em R$ 19,7 mi, Richarlison recebe oficial de justiça

Ex-agentes do atacante do Everton cobram R$ 19,7 milhões do jogador, que foi notificado na Granja Comary, em Teresópolis, na sexta-feira

29 jun 2021 12h02
| atualizado às 13h25
ver comentários
Publicidade

O atacante Richarlison, do Everton e da Seleção Brasileira, foi notificado na última sexta-feira que seu nome está sendo vinculado em um processo por parte de seus antigos agentes, Ricardo Mendes e Luciano Martins. O jogador chegou a receber a visita de um oficial de justiça, na Granja Comary, em Teresópolis.

Richarlison ao lado de Neymar durante jogo da seleção brasileira nesta Copa América
Richarlison ao lado de Neymar durante jogo da seleção brasileira nesta Copa América
Foto: Diego Vara / Reuters

Em informação noticiada primeiramente pelo GE, a dupla de agentes quer receber R$ 19,7 milhões do jogador e dos seus atuais representantes, Renato Velasco e Lucca Bertolucci. O valor em questão faz parte de comissões por transferências e uma fatia dos salários do atleta.

Os empresários alegam que não receberam o que teriam direito nas negociações de Richarlison com Fluminense, Watford e Everton. A dupla entende que deveria ter ficado com R$ 13,4 milhões em comissões nestas operações. Além disso, também afirmam ter direito a 5% dos salários de Richarlison nos últimos cinco anos, o que levaria a mais R$ 6,3 milhões.

"Infelizmente, tivemos que tomar a decisão de buscar a Justiça para resolver essa situação. Procuramos o Richarlison e o Bertolucci algumas vezes mas não conseguimos conversar e nem receber o que nos é de direito. Temos todos os documentos assinados por eles. Só queremos receber o que é nosso, o que é justo", afirmou o empresário Ricardo Mendes, em entrevista ao GE.

Por meio de sua assessoria, o atacante de 24 anos confirmou que foi intimado na última sexta, mas que esse é uma ação que envolve os empresários e não o atleta. "Richarlison tomou conhecimento do processo através de intimação recebida na última sexta feira (25/06) e, de acordo com seus advogados, trata-se de ação de indenização que envolve discussão entre seu empresário e outro empresário do ramo, demanda na qual ele fora indevidamente incluído".

O atleta também esclarece que "todas as comissões devidas ao longo de sua carreira foram integralmente pagas, quer pelo próprio atleta, quer pelos clubes por onde passou". Os advogados do jogador estão cuidando do caso, buscando afastá-lo "da responsabilidade a ele inapropriadamente atribuída", destaca a assessoria.

Richarlison está concentrado com a Seleção Brasileira e faz parte do grupo que disputa a Copa América. Nesta sexta-feira, às 21h, no estádio do Engenhão, no Rio, o Brasil enfrenta o Chile pela quartas de final da competição. O atacante tem um gol no torneio até o momento.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade