3 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Brasil é o único país com representantes em todas as seleção da Fifa desde 2005

23 set 2019
20h36
atualizado às 20h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Com a premiação do goleiro Alisson e do lateral-esquerdo Marcelo na seleção da Fifa, o Brasil manteve sua hegemonia na formação dos melhores do ano.

Em 2015, o Brasil bateu o recorde e teve cinco premiados na cerimônia. (Foto: Reprodução)
Em 2015, o Brasil bateu o recorde e teve cinco premiados na cerimônia. (Foto: Reprodução)
Foto: Gazeta Esportiva

Desde a primeira vez em que a entidade indicou os 11 principais atletas da temporada, o País é o único que teve representantes todos os anos.

Em 2005, na primeira edição com a eleição de uma seleção, Dida, Cafu e Ronaldinho apareceram entre os 11. Destaque para o camisa 10 do Barcelona, que acabou eleito melhor do mundo também.

Nos dois anos seguintes, a dupla Kaká e Ronaldinho Gaúcho figurou entre os melhores. Em 2007, Kaká venceu ainda o prêmio de melhor do mundo.

Kaká voltou a figurar entre os 11 no ano seguinte, sendo o único brasileiro daquela temporada premiado. Já em 2009, o lateral-direito Daniel Alves representou solitariamente o país.

Com a tríplice coroa da Inter de Milão, em 2010, o número de representantes aumentou. O lateral-direito Maicon e o zagueiro Lúcio roubaram a cena e apareceram na seleção.

Dani Alves voltou em 2011, novamente solitário, marcando o último ano que o Brasil teve apenas um atleta. Desde então, pelo menos dois atletas do País aparecem na lista.

Em 2012, assim como em 2016 e 2018, a dupla Marcelo e Daniel Alves roubou a cena nas laterais e representou a camisa verde e amarela. Os dois são os atletas com maiores aparições nesta premiação. O recém-contratado do São Paulo tem oito, enquanto Marcelo seis.

Thiago Silva apareceu pela primeira vez 2013, já com a camisa do Paris Saint-Germain, ao lado de Daniel. Com a chegada de David Luiz no clube francês, além de fazerem a dupla titular no time e Seleção Brasileira, formaram a zaga titular do time de ouro da Fifa em 2014.

No ano de 2015, recorde brasileiro. Neymar, Daniel Alves, Marcelo e Thiago Silva foram premiados, o maior número de componentes do país. Além deles, Wendell Lira surpreendeu e venceu o Prêmio Púskas, de gol mais bonito do ano.

Já em 2017, dos quatros, apenas o zagueiro não estava, sendo o ano em que Neymar foi premiado pela Fifa pela última vez.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade