PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Brasil "amassa" Uruguai, mas só vai às quartas após pênaltis

Time verde e amarelo finalizou 35 vezes a gol e sofreu para avançar e ganhar o direito de desafiar Portugal

11 jun 2015 07h36
| atualizado às 07h52
ver comentários
Publicidade

A Seleção Brasileira jogou bem, não deu a mínima chance para o Uruguai e foi superior durante os 120 minutos do jogo desta quinta-feira, na Nova Zelândia. Porém, sofreu mais do que o necessário para avançar às quartas de final do Mundial Sub-20. Depois de empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, o time canarinho só superou o rival sul-americano por 5 a 4 nos pênaltis, mas passou da fase de oitavas de final do torneio. Agora, o rival será Portugal, que eliminou a Nova Zelândia após triunfo por 2 a 1.

O Brasil entrou em campo nesta quinta-feira, no estádio Tanaki, em New Plymouth, com certo favoritismo. Tinha feito, afinal, uma das melhores campanhas da primeira fase, com nove pontos em três jogos, e enfrentava uma seleção que, embora fosse a atual vice-campeã mundial da categoria, só havia somado quatro pontos na primeira fase da competição.

Brasil e Uruguai fizeram jogo nervoso e que não teve gols em 120 minutos
Brasil e Uruguai fizeram jogo nervoso e que não teve gols em 120 minutos
Foto: Ross Setford / AP

Os comandados de Rogério Micale se impuseram quando o jogo começou, mas por pouco a falta de precisão não custou caro. A Seleção Brasileira encurralou os uruguaios no seu campo de defesa do início ao fim, alcançou a marca de 35 finalizações nos 120 minutos de partida, mas teve que agonizar nas cobranças da marca da cal para avançar às quartas de final do Mundial. Foram apenas sete chutes no alvo canarinho com a bola rolando.

O principal nome brasileiro no duelo foi o cruzeirense Judivan. O atacante, contudo, deixou o campo lesionado após levar entrada dura de Lemos. Aí, restou a Danilo e Jajá assumirem a responsabilidade. Andreas Pereira e Gabriel Jesus também deram suporte orfensivo, mas não foi suficiente para furar a barreira celeste.

A decisão foi, mesmo para os pênaltis. Neles, o Brasil não errou nenhuma cobrança e viu Cabral isolar um dos chutes uruguaios: 5 a 4 e classificação canarinha às quartas de final. O duelo com Portugal está marcado para o próximo sábado, às 22h (de Brasília), na cidade de Hamilton. O vencedor deste confronto vai encarar Uzbequistão ou Senegal nas semifinais.

Brasil, de Gabriel Jesus, dominou Uruguai, mas só avançou nos pênaltis
Brasil, de Gabriel Jesus, dominou Uruguai, mas só avançou nos pênaltis
Foto: Hagen Hopkins / Getty Images

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade