PUBLICIDADE

Brasil passa por cima da Turquia e mantém o 100% na VNL

16 jun 2024 - 07h18
(atualizado às 12h36)
Compartilhar
Exibir comentários

Logo após assumir a liderança do ranking mundial, a Seleção Brasileira de vôlei feminino encarou um desafio um tanto quanto simbólico: enfrentar a Turquia, ex-líder do ranking. E se alguém ainda duvidava da equipe brasileira, não duvida mais. As meninas do Brasil deram show nesta manhã de domingo (16), e venceram com autoridade o time turco por 3 sets a 0 (25/14, 25/14 e 25/19) . O confronto também fechou a a primeira fase da competição, que volta em formato de playoffs no próximo dia 20 de junho.

Rosamaria liderou a equipe em pontos na partida, com 14 - sendo 12 de ataque e dois de bloqueio. A central Carolana anotou 11, com seis de ataque, três de bloqueio e dois de saque. Por fim, a ponteira Ana Cristina marcou 9 pontos. Pelo lado turco, Melissa Vargas marcou 13 pontos, sendo a única da equipe a alcançar a segunda dezena.

Começo avassalador

O Brasil entrou em quadra com a escalação considerada titula. Assim, o técnico Zé Roberto colocou em quadra uma equipe com Roberta, Rosamaria, Gabi, Ana Cristina, Thaisa, Carolana e Nyeme (L). A formação inicial não desapontou, e a Seleção neutralizou completamente as ações da Turquia na partida

Divulgação: Voleyball World
Divulgação: Voleyball World
Foto: Olimpíada Todo Dia

O primeiro set até começou equilibrado, com as duas equipes trocando pontos mas com o Brasil estando em vantagem em 11 a 10. No entanto, o saque brasileiro começou a encaixar melhor, e a Seleção disparou no placar, marcando treze dos dezesseis pontos seguintes. Dominante, as meninas do Brasil fecharam a parcial com tranquilidade em 25 a 14.

Mais confiante, a equipe brasileira embalou na partida, e atropelou a Turquia desde o início da segunda parcial. Logo de cara, o Brasil abriu 7 a 1 no placar, e conseguiu sustentar e ampliar a vantagem até o final do set, repetindo o mesmo placar da parcial anterior. O terceiro set até parecia mais complicado, mas o Brasil não perdeu o controle das ações em nenhum momento, e fechou o duelo sem pestanejar.

100% de aproveitamento

"Conseguimos um feito nessa Liga das Nações. É a primeira vez que uma equipe vence todos os jogos na fase classificatória. Isso é motivo de orgulho, mas temos que virar a página. Precisamos manter o foco e o envolvimento do grupo. O comprometimento do time com a parte técnica, tática, alimentação e descanso tem sido muito grande. Agora é um novo campeonato e já precisamos pensar na Tailândia. Primeiro temos que passar na Tailândia e depois pensar nos outros adversários".

"A Turquia é um time muito versátil e que tem muita qualidade. Sabemos que elas podem sair de situações difíceis em qualquer momento. Por isso o foco que tivemos hoje foi muito positivo. Conseguimos ver o que precisamos evoluir para o futuro". Destacou o técnico da Seleção Brasileira de vôlei feminino, José Roberto Guimarães.

Situação na VNL

Esta foi a décima segunda vitória do Brasil na Liga das Nações de vôlei feminino em doze partidas na competição. A Seleção encerrou a primeira fase do torneio sem nenhuma derrota, e com a liderança isolada na tabela - feito inédito na VNL. Assim, a equipe brasileira enfrentará a pior colocada entre as oito classificadas da VNL, neste caso, a Tailândia. A adversária é justamente o país sede da fase final da competição, que já estava garantida nos playoffs, mesmo com apenas três vitórias no torneio.

Olimpíada Todo Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade