PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Pelas redes sociais, Rhuan se despede do Botafogo: 'O Glorioso estará sempre em meu coração'

Atacante, que foi criado nas categorias de base do Alvinegro Carioca, foi anunciado como novo reforço do Radomiak Radom, da Polônia, no último domingo

28 jul 2021 14h40
| atualizado às 14h40
ver comentários
Publicidade

Na manhã desta quarta-feira, o atacante Rhuan se despediu do Botafogo pelas redes sociais. O jogador foi negociado com o Radomiak Radom, da Polônia, e já formalizou o acerto com a equipe europeia. O jogador destacou que foi graças ao clube que ele pode dar uma vida melhor para a família e que levará para ser o Glorioso no coração.

Rhuan não é mais jogador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Rhuan não é mais jogador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

- Muito obrigado, Botafogo. Boa parte da minha vida, vivi dentro do clube. Um período com mais alegrias do que tristezas. Conquistei títulos, convocação para Seleção de base e realizei o sonho de me profissionalizar. Foi graças a este clube que também pude dar uma vida melhor a minha família - disse Rhuan, que ainda completou.

- Minha última temporada com esta camisa não foi como eu esperava. Peço desculpas ao torcedor alvinegro que sempre apostou em mim. Tiro destes momentos aprendizados que levarei para o decorrer da minha carreira. Sigo agora um novo caminho, na Polônia! Um novo clube, uma nova história, mas o Glorioso estará sempre em meu coração. Gratidão ao Botafogo e a todas as pessoas que compõem este clube, agradeço a cada funcionário que esteve comigo ao longo destes anos - concluiu

O atacante, que estava fora dos planos do Alvinegro, assinou com a equipe polonesa de graça; o Botafogo, porém, mantém 40% dos direitos econômicos de uma possível futura venda. O contrato é válido por três temporadas.

Cria das categorias de base do Botafogo, Rhuan sequer chegou a ser relacionado para um jogo na atual temporada. Fora dos planos, treinava em separado e não fazia parte da rotina do time principal.

Ele chegou a subir ao time principal com certa expectativa, sendo um dos destaques do time sub-20 à época, mas não conseguiu supri-las. Foram 40 partidas disputadas e um gol marcado com a camisa do Botafogo no período.

Lance!
Publicidade
Publicidade