PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

'O Maior Amor do Mundo': torcida do Botafogo lota Nilton Santos, faz festa e se despede da temporada com estilo

Na partida do título da Série B do Brasileirão, botafoguenses não decepcionaram

29 nov 2021 09h45
| atualizado às 09h45
ver comentários
Publicidade

Melhor do que o jogo, a torcida. O Botafogo teve uma despedida de luxo da Série B do Brasileirão: com o título do Campeonato Brasileiro já garantido, o empate por 2 a 2 com o Guarani não tirou a felicidade dos mais de 33 mil presentes no Estádio Nilton Santos.

Festa da torcida do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Festa da torcida do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Foto: Lance!

Tudo começou cedo. As movimentações no entorno do estádio se iniciaram ainda pelas 11h, com torcedores chegando para almoçar e fazer o tradicional "pré-jogo", regado a músicas e cerveja.

O ônibus do Alvinegro, que deixou o hotel na Barra onde o elenco se concentra, teve dificuldades para chegar ao estádio. Pela quantidade de pessoas nas ruas, o veículo simplesmente não conseguia passar. Isso, inclusive, atrasou o planejamento inicial do Glorioso, que tinha estipulado chegar no local por volta de 14h20. A delegação, contudo, desembarcou apenas perto das 15h.

Pouco importava. Com o título já garantido, os jogadores entraram na festa com a torcida. Quatro torcedores subiram no ônibus e Chay e Rafael Navarro foram para a saída de segurança literalmente comemorar com os botafoguenses.

O clima de paz, contudo, foi pausado por alguns minutos. A chegada do ônibus ao Setor Norte foi marcada por ação de violência da polícia militar, GEPE e CET-RIO. As instituições de segurança, na tentativa de afastar a torcida do Botafogo do veículo, trouxeram tumulto e correria ao lançar balas de borracha, bombas e gás lacrimogêneo na direção das pessoas.

A entrada do time no gramado voltou a ter um clima de festa e foi focada no que o dia realmente pedia: comemoração e paz. O time foi recebido com uma faixa escrita "O Maior Amor do Mundo" - uma campanha que a torcida já havia puxado nas redes sociais durante a semana - e balões de ar.

Após o apito final, muitos botafoguenses permaneceram nas arquibancadas para a cerimônia do troféu e, depois, comemorar com os jogadores. Rafael Navarro, Chay e Luís Oyama foram os mais aplaudidos.

Lance!
Publicidade
Publicidade