PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Boliviana

Favoritar Time

Tite se desculpa por usar termo "desumano" para falar de altitude na Bolívia

11 mai 2022 11h43
ver comentários
Publicidade

O técnico Tite participou de entrevista coletiva nesta quarta-feira, após anunciar a convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra Coreia do Sul e Japão, que serão disputados em junho. O treinador aproveitou a oportunidade para pedir desculpas ao povo boliviano por usar o termo "desumano" ao se referir à altitude, em entrevista de março, na última Data Fifa.

Na ocasião, Tite falou sobre as dificuldades que sua equipe poderia enfrentar por conta da altitude de La Paz, palco da partida contra a Bolívia, na última rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. "A gente sempre tem uma expectativa, independentemente das adversidades colocadas. Não vai ter um time tão vertical como temos sido nos últimos jogos porque não permite, é desumano, não há essa condição. Existem outras estratégias, de posse de bola. Claro que não vai conseguir colocar o mesmo ritmo, essa velocidade que a gente emprega nos jogos em casa ou em condições normais", disse o técnico.

O treinador se retratou publicamente sobre o termo usado e explicou o contexto em que a resposta foi empregada. "Antes da lista, quero fazer um pedido público. Fiz no particular e vou fazer de forma pública, porque errei e quero colocar. Desculpa César Farias (técnico da Bolívia), desculpa Marcelo Moreno (atacante da Bolívia), desculpa esportistas bolivianos. Quando usei o termo "desumano" no contexto, ele não teve nada de desrespeito. Teve contexto esportivo, quando me perguntaram o que pode ter de diferente por causa das mudanças do jogo contra a Bolívia. Eu falei sobre o nível de performance e segui na resposta. O termo usado foi infeliz. Me referi ao aspecto físico, tático e técnico da altitude e não das relações humanas. Fica aqui o pedido de desculpas de forma pública aos bolivianos", comentou.

Na convocação de Tite, a grande novidade foi o nome do volante Danilo, do Palmeiras. O jovem de 21 anos foi convocado pela primeira vez na carreira e nutre esperança de ser chamado para a Copa do Mundo do Catar, no final do ano.

O Brasil enfrenta a Coreia do Sul no dia 2 de junho, em Seul. Depois, pega o Japão, em Tóquio, no dia 6. A Seleção enfrentaria a Argentina no dia 11, em Melbourne, mas o clássico foi cancelado conforme informado na coletiva.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade